Domingo, 15 de setembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Atlético Goianiense recebe o Brasil de Pelotas no Accioly

Postado em: 23-08-2019 às 12h37
Dragão quer se manter entre os primeiros colocados e para isso recebe o Brasil de Pelotas no Estádio Antônio Accioly - Foto: Paulo Marcos / ACG

Felipe André

Sem chances de ser líder, mas de olho no acesso, é assim que o Atlético Goianiense entra em campo hoje, às 19h15 (horário de Brasília), contra o Brasil de Pelotas pela 18ª rodada da Série B. A partida será realizada no Estádio Antônio Accioly. Enquanto o Dragão está na terceira colocação com 29 pontos, o Xavante somou 21 pontos e está na 12ª posição.

Com pouco tempo entre os jogos, Dragão e os Xavantes entraram em campo na última terça-feira (20), com os gaúchos com uma “pequena vantagem” de ter jogado às 19h15 e não às 20h30 como o rubro-negro goiano. Jogando em casa o Brasil de Pelotas venceu o São Bento, jogando em casa e agora soma 21 pontos e ocupa a 12ª colocação. O Atlético empatou sem gols contra o Paraná, fora de casa, e permaneceu na terceira posição e agora com 29 pontos.

Ao longo da história, Atlético e Brasil de Pelotas se enfrentaram em seis oportunidades, sendo quatro pela Série B e duas pela Série C. O clube goiano tem longa vantagem e soma cinco vitórias, contra apenas uma da equipe gaúcha. Na última temporada o Dragão venceu ambos os duelos, sendo o último em Pelotas e com vitória do rubro-negro goiano por 2 a 1, com gols de André Luís e Júlio Cesar, enquanto Itaqui diminuiu para os donos da casa, naquela oportunidade.

Em brigas diferentes dentro da Série B, Atlético e Brasil colocam a prova o poderio defensivo de um, contra um dos piores ataques. O Dragão que tem um dos melhores ataques da segunda divisão tem também a segunda melhor defesa, onde sofreu apenas 14 gols ficando atrás apenas do líder Bragantino. Já os gaúchos precisam melhorar seu ataque caso queira ter sucesso no Accioly, já que soma apenas 13 gols feitos, sendo o terceiro pior na competição.

Falando em gols, o Atlético precisa se preocupar com a famosa “lei do ex”. Na equipe do Brasil de Pelotas, dois atletas já vestiram a camisa do rubro-negro goiano: Ednei e Carlos Jatobá. O primeiro foi Ednei, lateral que participou da campanha do título da Série B em 2016, acertou sua saída em agosto daquele ano para o rival Goiás. O meio-campista Carlos Jatobá disputou seis partidas nesse ano e teve seu contrato rescindido. O zagueiro Ricardo Luz também já vestiu a camisa do Atlético, mas ele está suspenso para essa partida.

O treinador Wagner Lopes não irá contar com dois atletas para a partida contra o Brasil de Pelotas. O zagueiro Gilvan e o atacante Mike receberam o terceiro amarelo na última rodada e não estarão disponíveis, sendo substituídos por Lucas Rocha e André Luis. No ataque o recém-contratado Rodrigo Rodrigues deve ser mantido no lugar de Pedro Raul.

“Nós sabemos que vai ser um jogo muito difícil com o Brasil de Pelotas. Mas dentro de casa precisamos mostrar nossa força. O time está muito bem e estamos no caminho certo. Espero que a gente possa fazer um jogo tranquilo e sair do Antônio Accioly com resultado positivo. Tomara que seja duas comemorações, da vitória também”, disse o meio-campista Jorginho.

Já o Brasil de Pelotas não vai contar além de Ricardo Luz, também com Diogo Oliveira que está sendo poupado, Pará que está lesionado, assim como Bruno Santos e Sousa. O experiente meio-campista Pereira, de 31 anos, voltou a ser relacionado após onze meses se recuperando de uma grave fratura na tíbia. O lateral Formiga foi regularizado nesta semana e deve ser titular.

FICHA TÉCNICA
Atlético Goianiense x Brasil de Pelotas

Data: 23 de agosto, 2019
Horário: 19h15 (horário de Brasília)
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia

Árbitro: Ronei Candido Alves (MG)
Assistentes: Frederico Soares Vilarinho (MG) e Luiz Antonio Barbosa (MG)

Atlético Goianiense: Kozlinski; Jonathan, Lucas Rocha, Oliveira e Nicolas; André Castro, Moacir e Jorginho; André Luis, Matheus e Rodrigo Rodrigues. Técnico: Wagner Lopes

Brasil de Pelotas: Carlos Eduardo; Ednei, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Formiga; Leandro Leite, Carlos Jatobá e Murilo Rangel; Branquinho, Cristian e Rafael Grampola. Técnico: Bolivar

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar