Domingo, 15 de setembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Atlético Goianiense fica no empate contra Brasil de Pelotas e estraga a festa no Accioly

Postado em: 23-08-2019 às 21h16
Rubro-negro goiano não aproveita empate entre Bragantino e Coritiba e perde chance de se aproximar - Foto: Afonso Cardoso

Felipe André

Água no chopp atleticano. Um ano após a reinauguração do Estádio Antônio Accioly, o Atlético retornou a sua casa e aproveitou para apresentar o seu novo terceiro uniforme, entretanto não saiu do zero a zero contra o Brasil de Pelotas e perdeu a chance de se aproximar do líder Bragantino, que só empatou no começo da rodada. O Dragão chegou 30 pontos, enquanto os gaúchos marcaram seu 22º ponto.

Os 45 minutos iniciais da festa atleticana foram sem grandes jogadas, aquelas que levantam o torcedor, que só ficou de pé para criticar o árbitro Ronei Candido Alves. Enquanto os donos da casa apresentaram problemas na armação, a “arma secreta” foi o atacante Jairinho, que foi o escolhido para substituir Mike, que estava suspenso para a partida. O jogador que chegou após rápida passagem pelo Vasco causou na defesa do Brasil de Pelotas.

Rápido e abusado, Jairinho se mostrou uma válvula de escape para futuras partidas. O camisa 11 criou as principais oportunidades do rubro-negro. Aos 10 minutos Jairinho recebeu de Nicolas, entrou na grande área e tocou para Rodrigo Rodrigues que finalizou para fora.

Jairinho apareceu novamente aos 39 minutos ao arriscar um chute ao lado do gol defendido por Carlos Eduardo e no último lance do primeiro tempo, quando aplicou um chapéu em Leandro Leite e de primeira bateu forte, a bola acabou no meio do gol, mas exigiu uma grande defesa do goleiro adversário. O atacante encerrou sua participação nos minutos finais do segundo tempo, quando durante uma corrida sentiu uma fisgada e precisou ser substituído.

Os lances perigosos ficaram restritos ao primeiro tempo, sem armação e criação no meio-campo, o Atlético não marcou e ainda viu o Brasil de Pelotas levar perigo em um contra-ataque na reta final do jogo. Na próxima rodada o Atlético Goianiense visita o Sport em uma briga direto por uma das vagas no G4, a partida acontece na próxima terça-feira (27), às 21h30 (horário de Brasília) na Ilha do Retiro. Já o Brasil de Pelotas tem pela frente a Ponte Preta, no mesmo dia, às 19h15, no Estádio Bento Freitas.

FICHA TÉCNICA
Atlético Goianiense 0x0 Brasil de Pelotas

Data: 23 de agosto, 2019
Horário: 19h15 (horário de Brasília)
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia

Árbitro: Ronei Candido Alves (MG)
Assistentes: Frederico Soares Vilarinho (MG) e Luiz Antonio Barbosa (MG)

Atlético Goianiense: Kozlinski; Reginaldo, Lucas Rocha, Oliveira e Nicolas; André Castro (Jarro Pedroso), Moacir e Jorginho; Jairinho (Gilsinho), Matheus e Rodrigo Rodrigues (Pedro Raul). Técnico: Wagner Lopes

Brasil de Pelotas: Carlos Eduardo; Ednei, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Formiga; Leandro Leite, Washington e Murilo Rangel (Carlos Jatobá); Daniel Cruz (Pereira), Cristian e Rodrigo Alves (Maicon Assis). Técnico: Bolivar

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar