A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Use of undefined constant v - assumed 'v'

Filename: controllers/noticia.php

Line Number: 85

ESPORTE - Em mesma sequência, Ney soma mais que Claudinei
Quarta-feira, 13 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Em mesma sequência, Ney soma mais que Claudinei

Postado em: 08-11-2019 às 16h20
No segundo turno do Brasileirão, o atual treinador possui um aproveitamento de 58,3% dos pontos disputados - Foto: Rosiron Rodrigues

Luiz Felipe Mendes

O técnico Claudinei Oliveira chegou ao Goiás para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro, depois da demissão de Maurício Barbieri após o fim do Goianão. Antes da parada para a Copa América, Claudinei chegou a alcançar o G-6. Depois disso, teve um aproveitamento pífio e foi sacado; Ney Franco o substituiu. Na mesma sequência que seu antecessor, o novo treinador possui porcentagem melhor contra os mesmos adversários.

Se você gosta de números, esta matéria é para você. Vamos analisar primeiramente o desempenho de Claudinei Oliveira. Nos oito primeiros jogos, ele conseguiu cinco vitórias e três derrotas, estacionando na sexta colocação antes da interrupção do torneio em decorrência da Copa América. Com o retorno do Brasileirão, o Goiás despencou e Claudinei encerrou sua passagem com duas derrotas (ambas por 6 a 1 contra Flamengo e Santos) e dois empates. No total, o aproveitamento do técnico foi de 47,2% em 12 confrontos. Antes da Copa América, os números eram de 62,5%, e depois, 16,6%.

Agora vamos colocar Ney Franco em pauta. Pegando somente a partir do jogo contra o Fluminense (pois foi o primeiro que Claudinei disputou), ele já comandou 12 duelos do esmeraldino, com uma única diferença. No primeiro turno, o embate contra o Corinthians havia sido adiado e foi disputado sob o comando do interino Robson Gomes. No segundo, o Goiás já mediu forças com o Timão, mas ainda não enfrentou o Santos, adversário deste sábado no Serra Dourada. No total, Ney possui até aqui um aproveitamento de 58,3%, com seis vitórias, três empates e três derrotas. Trazendo os mesmos adversários que Claudinei enfrentou antes da Copa América, ignorando a partida contra o Corinthians no returno, Ney obteve um desempenho de 66,6%.

Diante dos adversários que Claudinei enfrentou depois da Copa América, Ney Franco está no momento com uma porcentagem de 44,4. Neste final de semana, o alviverde recebe o Peixe e terá o aproveitamento alterado. Se ganhar, os números sobem para 58,3% de pontos somados. Se empatar, diminuem um pouco e vão para 41,6%. Em caso de derrota, eles caem para 33,3%. De qualquer forma, Ney terminará a exata sequência traçada por Claudinei com aplicação superior. Basta saber se a evolução do Goiás vai permanecer depois disso.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar