Terça-feira, 10 de dezembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Goiás perde em casa, mas se garante na Sul-Americana

Postado em: 01-12-2019 às 18h30
Osvaldo (11), autor do segundo gol, comemora com Bruno Melo (30) o primeiro gol do Fortaleza no jogo - Foto: Afonso Cardoso

Felipe André

A Libertadores fica ainda mais distante para o Goiás. O clube Esmeraldino teve um confronto direto e como mandante, mas foi derrotado em pleno Serra Dourada por 2 a 1 para o Fortaleza. Bruno Melo e Osvaldo marcaram para os visitantes, enquanto Rafael Moura diminuiu para os mandantes. Apesar do resultado, os goianos se garantiram ao menos na Copa Sul-Americana de 2020 devido a derrota do Botafogo, 14º colocado, na rodada.

“[O resultado] muito se devo aos nossos primeiros 25 minutos que a gente jogou abaixo, combinamos uma proposta de marcar pressão e não foi o que conseguimos fazer. É um sentimento de frustação e agora tem que pedir desculpas ao torcedor”, lamentou Rafael Moura.

Aos 15 minutos o Fortaleza abriu o placar. Em escanteio cobrado pelo lado direito de ataque, a bola chegou na cabeça de Bruno Melo, que desviou na primeira trave e mesmo com o toque de Tadeu, ela cruzou toda a linha e calou o Serra Dourada. A torcida visitante explodiu em festa.

Não demorou para os cearenses voltarem a comemorar. Dez minutos depois em um rápido contra-ataque, Edinho saiu no mano a mano contra Rafael Vaz, mas não foi fominha e serviu Osvaldo que na grande área bateu forte e no alto para ampliar o placar.

A torcida compareceu em peso e os 27.781 aumentaram o tom de voz e mesmo com o placar negativo, entoaram o grito de “Libertadores obsessão”, e dentro de campo a equipe correspondeu. No fim da primeira etapa, um cruzamento da esquerda chegou na cabeça de Michael, que ajeitou para Rafael Moura que dominou e mandou para o fundo da rede. O VAR entrou em ação e confirmou o gol esmeraldino.

A segunda etapa contou com poucas oportunidades apesar da vontade do Goiás em empatar a partida, o goleiro Felipe Alves quase não trabalhou. Nos lances finais o goleiro Tadeu foi para a área em duas oportunidades, tentando participar de um gol, assim como aconteceu contra o Vasco, mas dessa vez não teve sucesso. O Serra Dourada se esvaziou com a comemoração da torcida do Fortaleza e dos jogadores do Tricolor de Aço dentro do gramado.

“Ainda da para a gente sonhar [com vaga na Libertadores], então vamos tentar. Se vamos conseguir ou não eu não sei, mas não vamos desistir”, encorajou Michael, que recebeu o terceiro amarelo e não entra em campo no penúltimo jogo do ano.

Na próxima rodada o Goiás enfrenta o Palmeiras, que alterou o local da partida para o Brinco de Ouro, em Campinas-SP. O jogo acontece na quinta-feira (5), às 19h15 (horário de Brasília). O Fortaleza por sua vez tem o Fluminense pela frente, no Maracanã, no Rio de Janeiro, às 21h30, na quarta-feira (4).

FICHA TÉCNICA
Goiás 1x2 Fortaleza

Data: 1 de dezembro, 2019
Horário: 16h (horário de Brasília)
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Helcio Araujo Neves (PA)

Gols: Bruno Melo 15’1T e Osvaldo 25’1T (Fortaleza), Rafael Moura 43’1T (Goiás)
Público pagante: 27.281
Público total: 27.781
Renda: R$ 268.235,00;

Goiás: Tadeu; Yago Rocha (Yago Felipe), Rafael Vaz, Fábio Sanches e Alan Ruschel (Jefferson); Gilberto Jr, Thalles (Rafinha) e Léo Sena; Michael, Barcia e Rafael Moura. Técnico: Ney Franco

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Araruna, Juninho e Edinho (André Luis); Osvaldo (Marlon), Romarinho e Kieza (Wellington Paulista). Técnico: Rogério Ceni  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar