Domingo, 31 de maio de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Acusado de agredir a esposa, Jean é emprestado ao Atlético Goianiense

Postado em: 13-01-2020 às 15h45
Em 2019 o atleta entrou em campo apenas uma vez - Foto: Reprodução/Instagram

Felipe André

Após acertar a contratação do zagueiro Éder, o Atlético Goianiense acertou o empréstimo de Jean, do São Paulo. O jogador que foi acusado de agredir a esposa enquanto o casal passava férias nos Estados Unidos vai assinar o vínculo de um ano com a equipe goiana que irá dividir o custo do salário com a equipe paulista. Em 2019 o atleta entrou em campo apenas uma vez, já que foi preterido após a chegada de Tiago Volpi.

O goleiro foi revelado nas categorias de base do Bahia, até que se destacou em 2017 após realizar 56 jogos na temporada. Jean foi especulado como o sucessor ideal de Rogério Ceni no São Paulo, mas não embalou uma sequência de jogos e chegou a ficar no banco para Sidão e depois para Tiago Volpi. Quando começou a jogar com uma maior frequência se envolveu em uma polêmica após provocar a torcida do Vitória e foi expulso.

Jean chegou a ser preso nos Estados Unidos após a denúncia da esposa, mas foi solto após o pagamento da fiança. O clube paulista anunciou que não continua com o atleta para 2020 e que estudaria a possível rescisão contratual com o mesmo, o que não aconteceu. Apesar de solto, continuará respondendo processo no país norte-americano pelo crime de violência doméstica. O mesmo acontecerá no Brasil e, mesmo Milena não prestando queixa contra o goleiro, ele precisará manter distância da mulher e ter supervisão de terceiros ao visitar as filhas. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar