Terça-feira, 14 de julho de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Alexandre Godói reitera desejo de amistosos contra rivais: "Dá para fazer esse torneio"

Postado em: 30-06-2020 às 14h15
Presidente falou também sobre o interesse no atacante rubro-negro, que pode vir de empréstimo para a disputa da Série D – Foto: Sagres TV

Victor Pimenta

Um novo decreto pelo governar do estado fez com que a Federação Goiana de Futebol (FGF) cancelasse a ideia do torneio amistoso que aconteceria entre os quatro clubes da capital no próximo mês de julho. Devido ao crescimento dos casos de coronavírus em Goiás, apesar do veto, alguns clubes não deixam de pensar na hipótese de realizar jogos, mas em seus centros de treinamento.

No novo decreto prevê o fechamento alternado das atividades a cada catorze dias e apesar de ainda ser aprovado por cada prefeitura de seus municípios, a Federação Goiana não vê mais clima para a realização do torneio, que aconteceria após o dia 17 de julho. Como a Vila Olímpica e o CT Buriti Sereno são localizados em Aparecida de Goiânia, isso não impediria os clubes a prosseguir na ideia dos amistosos entre si.

“Queremos fazer o torneio, mesmo em jogos amistosos entre Goiás, Vila, Atlético e Goiânia e o local não está definido ainda. Pode ser na Vila Olímpica, pode ser feito no CT do Goiás de Aparecida, ou até mesmo em Goiânia, porque quando for depois dessas datas que estamos querendo, depois do dia 17, vai estar liberado já a cidade, porque vão ficar catorze dias parado e depois catorze dias aberto e entendemos que nesse intervalo dá para ser feito esse torneio, esse quadrangular ou esses jogos amistosos. Depende muito da Federação (Goiana de Futebol) também, se estarão juntos com a gente e se não optaram por fazer, faremos amistosos contra Goiás, Vila e Atlético. Acredito eu que será dessa forma”, concluiu Alexandre Godói.

Buscando reforços

O Goiânia que segue visando o início do Campeonato Brasileiro da Série D, vai reformulando seu elenco e com algumas saídas e outras chegadas antes da competição nacional ter data para iniciar. A diretoria do Galo já anunciou a chegada de três jogadores: o goleiro Johnathan Carvalho, o lateral-direito Wanderson Lima e o atacante Júnior Batata.

O ataque do Goiânia que conta além de Júnior Batata, tem também Du Gaia, artilheiro da equipe e o experiente Giva, também pode ter reforço vindo do rival Atlético. O clube rubro-negro não aproveitará os serviços do jovem centroavante Riquelme, que virou assunto no Galo com um possível empréstimo.

Artilheiro do Atlético Goianiense durante a participação na Copa São Paulo, o atacante também jogou o Goianão a serviço da Anapolina, onde em três jogos, marcou um gol, diante do Goiás e agora é pretendido pela diretoria alvinegra.

“Quem conhecia e acompanhava o trabalho dele muito é o Rogério, que era nosso antigo supervisor e que hoje é o braço direito na APROVEC e no Goiânia. Ele quem acompanhou na Copa São Paulo e também nas categorias de base do Atlético. O interesse nele porque ele é um garoto que faz muitos gols e entendemos que o Atlético não aproveitaria ele no Brasileiro”,  disse o presidente do Goiânia. (Especial para O Hoje)

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar