Quinta-feira, 13 de agosto de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

“Queria muito que o Goianão continuasse”, declara Alan Mineiro

Postado em: 10-07-2020 às 15h30
O meio-campista passou por um longo período de recuperação de lesão, e não disputa um jogo oficial desde novembro - Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova

Luiz Felipe Mendes

Perto de retornar aos gramados, Alan Mineiro concedeu entrevista coletiva no Onésio Brasileiro Alvarenga, falando sobre o seguimento da temporada no Vila Nova e a expectativa pelo retorno aos campos a partir do próximo mês.

Na última semana, a CBF confirmou que a Série C vai começar em 9 de agosto, terminando em 31 de janeiro de 2021. O Campeonato Goiano segue indefinido, e no momento o Vila Nova tem como único objetivo confirmado o acesso para a segunda divisão, já que a equipe foi eliminada da Copa do Brasil pela Ponte Preta.

Na opinião de Alan Mineiro, o estadual deveria ser encerrado em campo antes do pontapé inicial da terceira divisão nacional. “Eu, particularmente, preferiria que o Goianão terminasse, eu teria a oportunidade de jogar esta fase final. Acho que para mim isso seria importante, jogar o Campeonato Goiano antes de começar a Série C, mas eu entendo também tudo que a gente tem vivido. As equipes menores também, é mais difícil para eles manter jogadores, principalmente neste tempo de pandemia. Mas se fôssemos pensar no lado do Alan, eu queria muito que o Goianão continuasse”, respondeu o atleta ao questionamento do O Hoje.

Em relação à sua relevância no atual plantel vilanovense, o meio-campista de 32 anos não se esquivou da pergunta. “Eu me considero um jogador importante. Acho que por tudo que eu já fiz aqui, eu sei o tanto que eu represento para este clube, para a torcida. Eles retribuem esse carinho por mim nas redes sociais, eu venho interagindo com eles, não deixei de falar com o clube. Eu me vejo como um jogador importante, sim. Porém, a gente sabe que precisamos de todo mundo, que o grupo esteja forte, que todos os jogadores tenham um papel importante dentro e fora de campo. A gente sabe que a Série C é um campeonato muito disputado, que requer um elenco. É isso que a diretoria tem buscado. Eu tenho certeza que o torcedor confia em mim, e eu vou retribuir da melhor forma possível dentro de campo”, declarou.

Sobre a vontade de voltar a atuar, Alan Mineiro não escondeu a ansiedade. "Minha expectativa é muito grande. Estou muito feliz de poder estar voltando ao campo e reencontrando os companheiros de equipe e o clube, pois estava sentindo muita saudade desse ambiente. Todos sabem que eu gosto e tenho um carinho muito especial pelo Vila Nova. Então, poder estar voltando a treinar tem sido uma motivação muito grande. Espero que eu corresponda na parte física, para quando começar a Série C, quem sabe na primeira rodada, eu já esteja à disposição", afirmou.

Por fim, ele comentou sobre as recentes campanhas antirracistas do Tigre. “Particularmente eu não gosto muito de falar sobre o racismo. Todos deveriam ter a consciência de que, independente de raça ou de cor, somos todos seres humanos e filhos de Deus. Eu penso que a discriminação racial tem que acabar, não só aqui no Brasil, mas no mundo todo. A campanha do selo antirracista, desenvolvida pelo departamento de marketing e comunicação do Vila, eu acho uma campanha importante, pois quanto mais expormos essa situação para as pessoas criarem consciência, mais vai ser importante", opinou.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar