Sexta-feira, 25 de setembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

No apagar das luzes, Vila Nova arranca empate contra o Manaus na estreia da Série C

Postado em: 08-08-2020 às 21h00
O Gavião do Norte foi superior no primeiro tempo, mas após levar o gol no segundo o Tigre tomou conta do jogo - Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova

Luiz Felipe Mendes

Pela primeira rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Vila Nova arrancou um empate de 1 a 1 contra o Manaus na Arena da Amazônia e somou um ponto na competição. Os gols foram marcados por Rodrigo Fumaça e Rafael Donato, todos no segundo tempo. O Vila volta a campo no próximo sábado (15), quando recebe o Paysandu no Onésio Brasileiro Alvarenga.

O jogo

Em um primeiro tempo bastante faltoso, os donos da casa foram superiores. No total, foram cinco finalizações contra apenas uma dos visitantes. A primeira grande chance aconteceu aos 18 minutos, quando o goleiro Fabrício fez ótima intervenção e defendeu o chute de Rodrigo Fumaça. Na sequência, Luís Fernando mandou no travessão do Tigre. O Gavião do Norte chegou mais perto do que nunca de abrir o placar na marca dos 30, quando o ataque tabelou e Rossini saiu na cara de Fabrício. O jogador, no entanto, mandou de cavadinha para fora.

O Vila Nova só conseguiu colocar seu nome na partida aos 33 minutos, quando o estreante Rafhael Lucas tentou de fora da área. Apesar da finalização ter saído fraca, acabou assustando a meta defendida por Jonathan. No fim do primeiro tempo, Dudu e Rafhael Lucas acabaram levando cartões amarelos.

Na segunda etapa, o Manaus traduziu a superioridade em gols. Aos seis minutos, na bola parada, Igor mandou na área e Rodrigo Fumaça fez jus ao sobrenome e apareceu como fumaça para completar a jogada ensaiada, de primeira. Belo gol na Arena da Amazônia. A partir dali, o Vila tentou se soltar mais no duelo para buscar o empate. Aos dez, a igualdade quase veio em ótima cobrança de falta de Dudu. A redonda explodiu no travessão. Aos 12, Emanuel Biancucchi arriscou de longe e chutou forte; Jonathan precisou trabalhar para evitar o gol colorado. O meia argentino tentou novamente aos 14, e a oportunidade passou perto.

Tentando aproveitar o melhor momento, o técnico Bolívar sacou o volante Derli e colocou em campo o centroavante Henan. O Vila Nova seguiu em cima do Manaus e o novo atacante vilanovense teve a chance de fazer seu nome em pouco tempo no gramado. Aos 24 minutos, Henan recebeu um cruzamento açucarado e tinha tudo para estufar as redes, mas Jonathan fez um milagre e impediu o empate. O alvirrubro continuou buscando o resultado, e aos 49 minutos o zagueiro Rafael Donato aproveitou assistência de Mário Henrique e testou bonito para finalmente vencer o arqueiro Jonathan. 1 a 1 na capital do Amazonas.


Ficha técnica

Jogo: Manaus 1x1 Vila Nova. Local: Arena da Amazônia, em Manaus-AM. Árbitro: José Washington da Silva (Pernambuco). Assistentes: Marcelino Castro de Nazaré (Pernambuco) e Clovis Amaral Silva (Pernambuco).

Manaus: Jonathan; Igor Carvalho, Thiago Spice (Patrick), Luís Fernando e Rennan; Ramon, Carrilho e Janeudo (Gabriel Davis); Rodrigo Fumaça (Vitinho), Rossini (Caíque) e Mateus. Técnico: Welington Fajardo.

Vila Nova: Fabrício; Jonh Lennon (Pedro Bambu), Rafael Donato, Saimon e Willian Formiga; Derli (Henan), Dudu e Emanuel Biancucchi (Gilsinho); Lucas Silva, Talles (Pablo) e Rafhael Lucas. Técnico: Bolívar.

Gols: Rodrigo Fumaça, aos 6’ do 2ºT. Rafael Donato, aos 49' do 2ºT.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar