Segunda-feira, 28 de setembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Atlético é derrotado pelo Fluminense com gol contra de zagueiro

Postado em: 16-09-2020 às 23h23
João Victor disputando bola com Nenê, zagueiro marcou o gol da vitória da equipe carioca - Foto: Lucas Merçon / Fluminense

Felipe André

A partida que se encaminhava para um empate sem gols, teve a situação alterada com uma infelicidade do zagueiro João Victor. O jovem jogador marcou contra na segunda etapa e determinou a vitória do Fluminense por 1 a 0 sobre o Atlético Goianiense, no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, que foi realizado na noite desta quarta-feira (16), no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

Apesar de Atlético e Fluminense terem se enfrentado no dia 2 deste mês, o primeiro tempo do duelo desta quarta, pela Copa do Brasil, foi totalmente diferente. Apenas duas mudanças na equipe titular, Nicolas suspenso e Willian Maranhão, no banco, foram preteridos por Natanael e Oliveira, mas a maior diferença ficou na postura. Se pela primeira divisão a equipe goiana só melhorou no jogo após a expulsão de Hudson, dessa vez os visitantes estiveram dispostos a jogar desde o primeiro minuto.

Os 45 minutos não reservaram grandes emoções para os goleiros, com a exceção de uma defesa de Jean em cobrança de falta de Nenê, os arqueiros pouco trabalharam. A disputa ficou principalmente no meio-campo. Atletas que correram, não pouparam nas faltas cometidas. Os donos da casa tentaram pressionar e criaram as melhores chances, enquanto os visitantes buscavam o contra-ataque, mas sem se expor muito.

Na segunda etapa a estrutura do jogo foi a mesma. O Atlético manteve a marcação após o meio-campo, dificultando a ação do Fluminense. Os donos da casa por sua vez, mantiveram a dificuldade na criação de oportunidades. Os treinadores não esperaram muito para realizar as primeiras substituições de cada lado.

Conforme os minutos passaram, a velocidade aumentou. Apesar da pouca criação de ambos os lados, os clubes não aparentavam estar satisfeitos com o empate sem gols. Quem se deu bem foi o Fluminense, mas mais por infelicidade do que por mérito. Egídio cobrou escanteio, a bola passou por dois jogadores e João Victor, no susto, cabeceou em direção ao próprio gol, Jean encostou na bola, mas não fez a defesa.

O Atlético aumentou a posse de bola nos minutos finais, mas sem velocidade, o clube teve dificuldades na armação. Odair Hellmann colocou jovens jogadores e a situação do jogo se inverteu, com os mandantes buscando o contra-ataque. No fim das contas, o placar não foi alterado.

A partida de volta acontece na próxima quinta-feira (24), às 20h (horário de Brasília), em Goiânia. O jogo está agendado para o estádio Olímpico, já que o estádio Antônio Accioly segue em fase final de reforma, mas não deve ficar pronto a tempo desse jogo.

FICHA TÉCNICA
Fluminense 1x0 Atlético-GO (quarta fase, ida)

Data: 16 de setembro, 2020
Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro-RJ
Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)

Gol: João Victor, contra 32’2T (Flu)

Fluminense: Muriel; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egidio; Hudson, Dodi (André), Michel Araújo (Marcos Paulo) e Nenê (Ganso); Luiz Henrique (Yago Felipe) e Wellington Silva (Miguel). Técnico: Odair Hellmann

Atlético-GO: Jean; Dudu (Gilvan), João Victor, Eder e Natanael; Edson, Oliveira (Matheus Frizzo) e Chico (Matheus Vargas); Ferrareis (Matheuzinho), Renato Kayzer e Janderson (Hyuri). Técnico: Vagner Mancini

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar