Domingo, 25 de outubro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Atlético Goianiense reencontra Renato Kayzer e Walter; Jorginho não foi relacionado

Postado em: 16-10-2020 às 16h15
O atacante conquistou a titularidade nas últimas rodadas e marcou dois gols nos últimos quatro jogos, contra Flamengo e Internacional - Foto: Divulgação/Athletico PR

Felipe André

Próximo adversário do Atlético Goianiense na Série A, o Athletico Paranaense divulgou a lista dos 23 relacionados para o confronto contra a equipe goiana, que acontece neste sábado (17), às 19h (horário de Brasília), no estádio Olímpico. Com três nomes da história recente da equipe goiana, apenas dois viajam para Goiânia e podem ser utilizados pelo treinador Eduardo Barros, os atacantes Renato Kayzer e Walter, o meio-campista Jorginho ficou de fora dos convocados.

Renato Kayzer se despediu da equipe goiana após a 11ª rodada, quando a equipe goiana foi derrotada pelo Atlético Mineiro no estádio Olímpico. O jogador acumulou duas passagens pelo Atlético Goianiense, a primeira em 2018 quando marcou 7 gols em 33 jogos, incluindo o primeiro da reestreia do estádio Antônio Accioly. Neste ano por sua vez, foi contratado por empréstimo junto ao Cruzeiro, marcou 10 gols em 16 jogos e foi negociado com a equipe paranaense. O atacante conquistou a titularidade nas últimas rodadas e marcou dois gols nos últimos quatro jogos, contra Flamengo e Internacional. 

A passagem do atacante Walter foi mais rápida. Demitido do Goiás após agredir o goleiro Matheus, em 2017, nos treinamentos, o jogador acertou com o Atlético Goianiense para a disputa da Série A, onde realizou 25 jogos e marcou cinco gols. O atleta não permaneceu para a temporada seguinte, quando acertou com o Paysandu e depois foi para o CSA.

O meio-campista Jorginho possui a maior ligação com o Atlético Goianiense, ao menos em questão de números. Revelado pelo Vila Nova, o atleta chegou ao rubro-negro em 2013, onde permaneceu até 2020, sendo emprestado em duas ocasiões para fora do país, a primeira para o Seongnam IC da Coreia do Sul, e a segunda para o Al-Qadsiah, da Arábia Saudita. Neste ano fez quatro gols em 14 jogos pelo Dragão, mas após um desentendimento com Vagner Mancini, deixou o clube e assinou com o Athletico Paranaense.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar