Gastronomia

Tender, chester ou peru, qual carne escolher para a ceia

Postado em: 17-12-2020 às 16h00
Qual a diferença entre as aves que são as queridinhas da ceia de Natal - Foto: Reprodução

Luan Monteiro

Ao montar o cardápio para as festas de fim de ano sempre vem algumas dúvidas, e uma delas é de qual carne utilizar como prato principal, tender, chester ou peru?

O principal ponto para escolher é entender a diferença entre as três. O chester é uma carne mais clara e que possui mais carne no peito e nas coxas, cerca de 70% da carne total. Já o peru é diferente do chester, já que a carne é um pouco mais escura e o sabor mais acentuado. Já o tender também possui um sabor mais acentuado e é mais versátil nas refeições, já que pode ser complementar para entradas com saladas.

Já no preço, o chester pode ficar mais em conta. Em Goiânia, segundo pesquisas do Procon, o preço do quilo de chester varia entre R$ 19,99 e R$ 22,99, o do peru vai de R$ 20,90 a R$ 22,99. O quilo do tender é o mais caro entre as opções, ficando entre R$ 42,98 e R$ 49,99.

No preparo o tender é o mais fácil de ser feito, já que o consumo da carne pode ser imediato. O chester e o peru, por serem alimento in-natura, demandam descongelamento sob refrigeração, o que pode demorar até 48 horas, e um tempo de preparo mais longo.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar