16 de dezembro de 2017 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mulheres
MATERNIDADE
10/10/2017 | 06h00
Gravidez e vaidade: o que é permitido durante a gestação?
Momento de glória para muitas mulheres, a gravidez também é um período de dúvidas. Confira as dicas

Gustavo Miranda e Monique Pacheco

ESPECIAL PARA O HOJE

A gravidez é um período de aprendizados e transformações físicas e psicológicas para a mulher: o corpo muda, os hormônios aumentam, e as preocupações também. As alterações mais percebidas vão desde mudanças na fisiologia vascular, cabelos, unhas, pele e pigmentação até variações no apetite e no humor. Dentre as dúvidas que permeiam as grávidas durante este período tão intenso, questões relacionadas a aparência e procedimentos estéticos ganham cada vez mais destaque.

Há quem afirme que a gestação seja um momento de glória para a mulher, afinal, ela adquire um brilho natural na pele, que fica mais bonita e firme – além do cabelo, que ganha aparência mais sedosa e caimento mais harmônico. De qualquer maneira, a preocupação das grávidas com a aparência faz com que novos tratamentos de beleza sejam criados especialmente para elas. Segundo a médica dermatologista Letícia Pinheiro, é permitido realizar alguns procedimentos estéticos durante a gravidez, mas com responsabilidade, precaução e sempre sob orientação de um médico especializado.

“Cremes à base de vitamina C são uma boa pedida durante a gravidez, pois combatem o envelhecimento, os radicais livres e clareiam a pele. É importante lembrar que, antes de fazer qualquer procedimento estético, a gestante deve consultar seu obstetra e dermatologista: essa parceria é fundamental para a saúde da mulher e do bebê durante a gestação”, afirma a médica.

A busca por uma rotina saudável na gravidez é a certeza de bons resultados para o crescimento e o fortalecimento do bebê – além de contribuir para a saúde e bem-estar da gestante antes, durante e depois do nascimento do filho. 

Dentre os cuidados, destaque para a reeducação alimentar, principal aliada para manter o corpo e a pele sempre saudáveis e bem cuidados durante esse período. A nutricionista Tatiana Jordão explica: “As gestantes devem evitar alimentos industrializados, principalmente durante os três primeiros meses de gravidez, prevenindo que o bebê contraia alguma alergia. Carnes vermelhas magras auxiliam na maior ingestão de proteína e também devem ser consumidas – além de frutas, verduras, legumes e alimentos ricos em vitamina C. Seguindo essas dicas, a mulher consegue evitar o ganho exagerado de peso, além de manter a pele sempre hidratada e livre das estrias”.

Além da alimentação, há uma série de exercícios permitidos e que ajudam a aliviar o estresse trazido pela mudança hormonal, podendo beneficiar até aquelas gestantes interessadas em realizar parto normal. O educador físico Fábio Andrade esclarece que as grávidas que já praticam exercícios físicos antes da gravidez podem dar continuidade aos treinos, sempre respeitando o próprio limite. Já para as mulheres que não estão acostumadas a se exercitar, a caminhada é uma boa opção para o início da gestação, sempre sob orientação. “As gestantes devem evitar exercícios que exijam ficar por muito tempo em pé, assim como atividades de agachamento depois do terceiro trimestre de gestação. Para as que desejam realizar parto normal, a musculação ajuda no fortalecimento das estruturas pélvicas, e o ioga contribui para a melhoria da respiração durante o parto”, garante.

Por mais que a alimentação balanceada e a prática regular de exercícios físicos sejam essenciais para o bem-estar da mulher, a gestante também pode contar com a ajuda de alguns procedimentos estéticos para se sentir ainda mais bela e à vontade com o próprio corpo. Com o objetivo de remover marcas e melhorar o aspecto da pele, o peeling de cristal é um dos procedimentos que podem ser realizados durante a gestação. Isso porque ele esfolia a pele de forma leve e sem componentes químicos. Permitida apenas depois do segundo trimestre de gestação – com autorização do médico e manuseada por terapeuta especializado em grávidas –, a drenagem linfática também é uma opção. 

“O tratamento estético mais procurado pelas gestantes é a drenagem linfática, devido ao inchaço natural que ocorre neste período. A drenagem melhora o retorno venoso, diminuindo inchaços, promovendo relaxamento e sensação de bem-estar. Consequentemente, alivia as dores nos membros inferiores e principalmente na lombar, por diminuir a tensão nesta área que é tão exigida durante a gravidez”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Nathalia Faria.

Já as gestantes que optarem por cremes de tratamento devem se lembrar que o ideal é utilizar apenas os produtos indicados pelo médico, pois alguns podem conter ácidos ou outras substâncias não permitidas para esse período. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) contraindica, por exemplo, o uso de três substâncias durante e gestação: chumbo, cânfora e ureia acima de 3%, presentes em diversos cremes, hidratantes e produtos para coloração. “Há produtos nas farmácias que são de uso comum e não podem ser utilizados por gestantes. Por isso é tão importante o acompanhamento médico”, reforça Letícia.

Com tantas possibilidades para cuidar da saúde e beleza, as gestantes podem ficar tranquilas para aproveitar, da melhor forma, esta fase tão intensa e emocionante que é a gravidez. Mas sempre lembrando que, ao realizar procedimentos estéticos, o primeiro passo é procurar o auxílio de profissionais de confiança, especializados em gestantes, garantindo, assim, a saúde e bem-estar da mulher e do bebê. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)