15 de novembro de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mulheres
Jardim América
14/06/2018 | 09h00
Projeto Mamãe e Papai Coruja traz especialistas nesta sexta
Os especialistas irão esclarecer dúvidas sobre amamentação, dificuldades e mitos sobre a gestação

Recentes estudos feito pela Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, apontam que mais da metade da população de futuros pais (54%) pode sentir algum sintoma típico da gravidez, como ansiedade, ganho de peso ou desejo de comer algo diferente. O resultado da pesquisa pode ser entendido como uma clara ligação com importantes mudanças sociais no mundo de hoje, uma delas é a maior participação dos homens na educação e cuidados com os filhos.

Com a crescente emancipação da mulher na sociedade, o papel dos homens como pais também evolui, resultado: a divisão de tarefas e responsabilidades em relação à família e os filhos está mais equilibrada. Por isso, fortalecer esses laços familiares num momento delicado como a gravidez é um dos principais objetivos do projeto Mamãe & Papai Corujas, do Seconci Goiás (Serviço Social da Indústria da Construção no Estado de Goiás). O projeto contempla oito encontros que serão realizados até o dia 29 de junho. Os próximos módulos terão como tema: cuidados com a saúde bucal da gestante e do bebê; como conversar com os filhos; amamentação (dúvidas, dificuldades e mitos); saúde ocular da gestante e do bebê; dermatoses gestacionais; além de oficina de shantala e ofurô.

“A vida familiar interfere muito no trabalho desse colaborador e em sua produtividade. Quanto mais ele estiver bem no seio familiar, melhor estará na empresa e mais ele dará sua força de trabalho, por isso fortalecer esses laços familiares nesse momento importante é essencial”, afirma Joicy Pimenta, assistente social e idealizadora do projeto.

Ela conta que o projeto, que é voltado para os colaboradores das empresas do setor da construção civil em Goiás, associadas ao Seconci Goiás, surgiu da ideia de atender às demandasdas trabalhadoras ou esposas grávidas dos trabalhadores desse segmento sobre orientações básicas com o bebê.

Além de trabalhadores do setor da construção civil, o projeto disponibiliza parte das vagas para a comunidade em geral. Segundo Joicy Pimenta, o objetivo do projeto é justamente oferecer para as mães e pais orientações para que fiquem mais seguros a partir do nascimento do bebê. Por isso, estão sendo ministradas palestras sobre diversos temas relacionados à fase da gestação e pós-parto para atender essas famílias.

Novo perfil

O auxiliar de engenharia  Raí Nascimento da Silva, 24 anos, é um dos que se enquadram nesse novo perfil dos papais. Pai pela segunda vez, ele faz questão de acompanhar a esposa Gleyce Kelly Ferreira da Silva Nascimento, de 26 anos. “Assim que fiquei sabendo do projeto, já fiz minha inscrição e da minha esposa para participarmos. Mesmo sendo o segundo filho, acho que são conteúdos importantes que ajudam no nosso convívio”, diz Raí.

Gleyce Kelly é auxiliar administrativa e está no começo da gestação. Ela diz que sente mais segurança ao participar do projeto Mamãe & Papai Corujas, que é reforçada com o envolvimento do marido na gestação. “Acredito que sairemos daqui mais seguros e tranquilos sobre o que fazer quando o bebê chegar”, diz.

A assistente social GleydianeTyrone, 31 anos, está grávida de oito meses e também comemora o envolvimento do seu marido na gravidez. “Sempre que pode ele me acompanha e nos sentimos amparados, porque nossas dúvidas, que são muitas, são esclarecidas. Com isso, ele também consegue me dar um suporte melhor”, destaca.

O porteiro Wilker Ferreira Moura, 23 anos, e sua esposa Márcia Barreto Silva Moura, 23 anos, formam outro casal que tem aprendido bastante com as palestras ministradas durante o projeto. “É um aprendizado que traz segurança e nos deixa mais tranquilos em relação ao que vamos passar. Somos pais de primeira viagem, por isso quanto mais atenção nessa fase tão importante,melhor”, afirmam.

Sobre o Seconci Goiás

O Seconci Goiás (Serviço Social da Indústria da Construção no Estado de Goiás) é uma  associação civil autônoma sem fins lucrativos, administrada pelas empresas da construção e tem o objetivo de promover melhorias na qualidade de vida dos trabalhadores deste setor, gerando um crescimento saudável das organizações. Hoje, aos 26 anos, o Seconci Goiás possui mais de 300 empresas associadas que oferecem aos trabalhadores e seus dependentes assistência básica à saúde.

A parceria com entidades como Sesi, Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Sinduscon-GO) e Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO) contribui para que o Seconci Goiás realize 6.000 atendimentos ao mês, beneficiando milhares de trabalhadores e propiciando uma melhor produtividade nos canteiros de obras.

Tópicos:  Mulheres,   Gestação,   Gravidez

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)