13 de dezembro de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mulheres
Cultura
27/08/2018 | 14h50
Circo di SóLadies realiza uma apresentação nesta quarta-feira
O espetáculo circense feito por mulheres palhaças, que trabalham de forma leve e divertida, envolvem os públicos de todas as idades, alertando para igualdade de gênero

Idealizado por Lilyan Teles e Tatá Oliveira, o Circo di SóLadies surgiu em 2013. (Foto: Carla Lima)

Da Redação 

Misturando cenas clássicas do circo tradicional, músicas, poesia e contos de fadas, o Estupendo  Circo di SóLadies realiza uma apresentação nesta quarta-feira (29), às 10h00, na Escola Municipal Dalisia Doles como parte da programação do 12º Encontro Goiano de Malabares e Circo. O grupo convida o público de todas as idades para refletir sobre a força e o espaço da mulher na sociedade, de forma lúdica e encantadora, através de um encontro com a arte da palhaçaria. 

O espetáculo circense feito por mulheres palhaças, que trabalham de forma leve e divertida, envolvem os públicos de todas as idades, alertando para igualdade de gênero e valorizando a potência da mulher. Com interação com a plateia, as palhaças levam o universo feminino em sua trajetória cômica, divertindo crianças, jovens e adultos.

Utilizando camadas simbólicas e através da comicidade, o grupo surpreende por tratar de temas que geralmente são considerados complexos, com muita delicadeza e poesia. E através do riso, inspiram reflexões sobre o lugar da mulher em nossa sociedade e empoderamento feminino. Uma importante reflexão sobre o lugar da mulher no circo, nas artes e na sociedade. 

Um Circo feito por mulheres

Idealizado por Lilyan Teles e Tatá Oliveira, o Circo di SóLadies surgiu em 2013 a partir das inquietações em relação a desigualdade de gênero e da percepção de que havia ainda um pequeno espaço dado à mulher tratando-se de comicidade e linguagem do palhaço. Em 2016, após dois anos de apresentações e intervenções, juntam-se a elas as artistas Kelly Lima e Verônica Mello, ampliando o repertório do grupo.

Feito por mulheres - palhaças, atrizes, musicistas, pesquisadoras e realizadoras - para todos os públicos, é um circo em que as artistas desenvolvem o repertório através do improviso e do jogo cênico com elementos fundamentais para a conexão e interação com o público, a conquista do estado da graça, do riso e da reflexão sobre o papel da mulher na sociedade.

Após muito tempo trabalhando em diversos teatros e circos, cansadas dos mandos e desmandos dos patrões, duas palhaças decidem criar seu próprio circo e rodar pelo mundo. A adaptação de cenas clássicas do circo tradicional, música, poesia e interação com a plateia compõem as apresentações de “Estupendo Circo di SóLadies”, levando o universo feminino em sua trajetória cômica, para crianças, jovens e adultos. 

Tópicos:  Circo,   Mulheres,   Representatividade

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)