Mulheres

Saiba qual é a maneira correta de se aplicar protetor solar para se proteger do sol

Postado em: 01-12-2020 às 10h30
Especialista goiana explica o passo a passo de como fazer com que produto seja eficaz na pele - Foto: Divulgação

Nathan Sampaio

Em alguns dias o verão começa no Brasil e, com ele, o reforço sobre o uso de protetor solar, principalmente por que nesta época do ano muitas pessoas, em férias, frequentam lugares como clubes, rios, cachoeiras, cidades litorâneas, onde os trajes de banho acabam deixando o corpo mais exposto ao sol. 

Por isso, entrevistada pelo jornal O Hoje, a médica dermatologista Paula Azevedo traz informações importantes sobre o uso correto de se aplicar protetor solar. O primeiro alerta da especialista, porém, é o de que, independente da época, o protetor deve ser usado sempre, todos os dias em que haja exposição da pele ao sol. 

“O protetor solar deve ser incluído na rotina diária de cuidados com a pele e deve ser aplicado, preferencialmente, de manhã, antes de sair de casa. Nas áreas expostas, durante o dia a dia - rosto, pescoço, colo, braços e mãos. Já em ambientes de exposição como rios, praias, clubes, a primeira aplicação deve ser feita no corpo inteiro, mas em ambiente fechado, 15 minutos antes da exposição solar”, explica Paula, completando que “dessa forma, a eficácia do produto é melhor”. 

A dermatologista lembra, ainda, que o protetor deve ser uma das últimas etapas da rotina da pele. “A primeira coisa a se fazer é higienizar o corpo e, para quem usa outros produtos, deve se aplicar os demais cremes antes da aplicação do protetor. Sobre maquiagem, caso haja a vontade da pessoa, ela deve vir após o uso do protetor”, pontua.

O fator dos protetores também costuma ser uma incógnita para algumas pessoas como a estudante de ciência sociais, Pâmela Carvalho. De acordo com Pâmela, que afirma usar protetor solar todos os dias, acreditava que quanto maior o fator (fps – fator de proteção solar) maior a proteção. Porém, Paula explica que não é assim que funciona. 

“A questão do fator de proteção solar, é que as pessoas imaginam que um fps 60 protege o dobro do de 30, o que acontece, na verdade, é que essa proporção não é direta. Um fps 60 protege mais que o 30, mas em uma porcentagem pequena e não o dobro, além de variar de pele para pele”, esclarece a especialista. 

“Mais importante do que o fator, é a quantidade e aplicação e reaplicação correta do protetor.” Sobre o cuidado ao sair para o sol antes de esperar o protetor ser absorvido pelo corpo, a médica conta que varia e produto para produto. Os protetores químicos exigem esses minutos após a aplicação antes da exposição ao sol, já os considerados físicos/de barreira não. 

“Geralmente recomendamos a aplicação a cada duas horas, principalmente para as pessoas com exposição total, seja no trabalho, clubes, praias ou rios. E, caso não seja possível, é importante que ele seja aplicado de 3 a 4 vezes ao dia. No caso de suor e contato com água, o protetor vai perdendo sua eficácia, então é importante reaplicar após o contato com água”, conclui Paula, relembrando quem com ou sem verão, o protetor deve ser usado todo dia para quem vai se expor ao sol. 

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar