29 de junho de 2017 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mundo
Desarmamento
17/04/2017 | 09h00
Premiê do Japão defende diplomacia para desarmar Coreia do Norte
O chefe do Executivo japonês pediu a Pyongyang que evite fazer mais provocações

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, defendeu hoje (17) a diplomacia para se conseguir o desarmamento da Coreia do Norte, um dia depois de o país vizinho fazer o lançamento fracassado de um míssil em plena escalada de tensão na península coreana. A informação é da Agência EFE.

"A Coreia do Norte está mostrando seu poder militar, mas é importante manter a paz por meio de esforços diplomáticos", afirmou Abe durante reunião do Comitê de Orçamento da Câmara Baixa da Dieta (Parlamento), segundo divulgou a rede pública NHK.

O chefe do Executivo japonês pediu a Pyongyang que evite fazer mais provocações e considerou que, além disso, "é necessário exercer mais pressão para que a Coreia do Norte responda seriamente ao diálogo".

Abe disse ainda que para atingir estabilidade na região é necessário que Pequim, principal aliado de Pyongyang, faça uso de sua influência e que Washington e Seúl façam seu papel. Ele insistiu na ideia de buscar a cooperação da Rússia. (Agência Brasil) 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)