13 de dezembro de 2017 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mundo
Presidentes
18/04/2017 | 08h20
Temer e Trump podem ter encontro ainda este ano
"As conversas entre o presidente Temer e o presidente Trump foram muito positivas”, contou embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Sérgio Amaral

O embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Sérgio Amaral, disse nesta segunda (17) que acredita que os presidentes do Brasil, Michel Temer, e dos Estados Unidos, Donald Trump, podem se encontrar ainda este ano. 

“Nós estamos discutindo isso”, disse o embaixador, e completou: “Não estamos com pressa, quem vem primeiro, quem vai depois. Haverá uma reunião neste ano, as relações estão muito boas. As conversas entre o presidente Temer e o presidente Trump foram muito positivas”.
A afirmação foi feita durante seminário sobre multilateralismo durante a era Trump na Elliott School of International Affairs, um dos principais centros de estudo de relações internacionais nos Estados Unidos.

Transpacífico
Durante o evento, o embaixador também afirmou que o anúncio, em janeiro deste ano, da saída dos Estados Unidos da Parceria Transpacífico, acordo de comércio entre os EUA e países asiáticos e latino-americanos como Chile, México e Peru, será uma boa oportunidade para o Brasil intensificar a relação com essas nações. Segundo ele, esses países tinham expectativas com relação à aproximação com os Estados Unidos, e a intensificação de relações com o Brasil pode ser uma alternativa. Isso já estaria acontecendo por meio da aproximação entre o Mercosul e Aliança do Pacífico, outro grupo regional que une Chile, Colômbia, México e Peru.
Sérgio Amaral disse que o distanciamento dos Estados Unidos de acordos regionais tradicionais como o Nafta, com Canadá e México, também pode trazer resultados positivos para o Brasil, já que o país poderia concluir um acordo bilateral com o México, que está em negociação desde 2002. (Agência Brasil) 

Tópicos:  Michel Temer,   Donald Trump

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)