19 de janeiro de 2018 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mundo
Legalizado
09/01/2018 | 09h15
Austrália celebra primeiras uniões entre homossexuais após legalização
Os atletas Craig Burns e Luke Sullivan se casaram nos primeiros minutos de hoje, data em que esses casamentos poderiam ser feitos, de acordo com a lei assinada no início de dezembro

A Austrália começou, nesta terça-feira (9), a celebrar oficialmente os primeiros casamentos entre pessoas do mesmo sexo, depois que o Parlamento de Camberra aprovou no mês passado a legalização dessas uniões. A informação é da Agência EFE.

"De hoje em diante, nenhum casal deverá esperar para declarar o seu amor e solenizar seu compromisso", disse Sally Rugg, representante da Getup!, uma das organizações que promoveram a reforma na Austrália.

Os atletas Craig Burns e Luke Sullivan se casaram nos primeiros minutos de hoje, data em que esses casamentos poderiam ser feitos, de acordo com a lei assinada no início de dezembro.

A cerimônia, que incluiu uma escultura de dois corações unidos pela palavra "is" (Amor é amor) ocorreu na região de Carool, no Leste do país, com a presença de 50 pessoas.

"A igualdade para se casar é um grande passo para a Austrália", disse Sullivan à emissora de televisão ABC, que adiou com seu parceiro a lua de mel para que os dois possam se preparar para os Jogos da Commonwealth, que serão realizados em abril, em Gold Coast, no Nordeste australiano.

O Parlamento australiano aprovou, em 7 de dezembro, a reforma da Lei do Casamento de 1961 - que foi modificada em 2004 para especificar que essa união é exclusiva entre uma mulher e um homem - para permitir os casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Essa reforma foi adotada após uma pesquisa nacional promovida pelo primeiro-ministro Malcolm Turnbull, cumprindo uma promessa eleitoral, onde mais de 61% dos cidadãos expressaram sua opinião a favor da legalização. 

Informações Agência Brasil. (Foto: Reprodução)

Tópicos:  Casamento,   LGBT,   Austrália,   Casal

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)