24 de janeiro de 2019 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mundo
Mau tempo
07-02-2018 | 16h00
Moscow sofre com efeitos da maior nevasca em 100 anos
Árvores caíram, aeroportos foram fechados e a Praça Vermelha ficou enterrada com o volume de precipitação. Confira imagens

Uma chuva congelante e a queda intensa de neve marcaram o último fim de semana dos moscovinos. Com o trânsito bloqueado, moradores tentaram ir ao trabalho usando o transporte público, caminhando ou até mesmo de esqui. 

Nas ruas, não faltaram adeptos do snowboarding e quem estivesse disposto a construir montanhas de neve nas entradas de repartições públicas. No entanto, apesar do ar divertido que a situação proporcionou, motoristas perderam seus carros na neve. Além disso, o com o peso da neve, o risco de quedas de árvores era grande, aspecto que fez com que as autoridades emitissem alerta. Estima-se que 350 caíram em toda a capital.

Quem também sofreu com a situação foi o funcionamento de dezenas de bondes elétricos, que apresentavam problemas de operação e acabaram gerando uma série de atrasos. Os aeroportos também foram fechados e alguns voos foram desviados, já que as saídas da capital ficaram fechadas até que as nevascas cessassem. 

(62) 3095-7800