15 de novembro de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mundo
Tailândia
06/07/2018 | 08h10
Adolescentes presos em caverna se comunicaram com familiares
As autoridades analisam duas opções para a saída dos meninos: mergulhar pelas passagens inundadas ou encontrar um buraco na montanha por onde poderiam ser retirados

Os 12 adolescentes e o homem que estão presos em uma caverna do norte da Tailândia desde o dia 23 de junho conseguiram se comunicar com seus familiares, conforme foi confirmado nesta sexta-feira (06) por um membro das equipes de resgate.

A fonte, que pediu não ser identificada pois não tinha permissão para falar com os veículos de imprensa, evitou especificar o modo como conseguiram estabelecer contato entre a parte de fora e o interior da caverna.

"As equipes utilizam muitas formas de comunicação ao longo dos túneis subterrâneos. Na quinta-feira, trabalhavam para levar um cabo de conexão telefônica até a cavidade onde se encontram os adolescentes, mas também usa tecnologia sem cabos ou inclusive manual, como cartas", afirmou.

As autoridades analisam duas opções para a saída dos meninos: mergulhar pelas passagens inundadas ou encontrar um buraco na montanha por onde poderiam ser retirados com ajuda de um helicóptero.

O bom tempo e a drenagem artificial das águas que inundam parcialmente a caverna abriram a possibilidade para uma tentativa de resgate.

No entanto, as autoridades relutam em anunciar uma data para as operações, embora asseguram vão prosseguir gradualmente, tirando primeiro os jovens em melhores condições físicas e psicológicas.

O grupo - composto por 12 adolescentes entre 11 e 16 anos e um adulto de 26 - foi localizado na noite da última segunda-feira em uma ilha de terra firme a cerca de 4 quilômetros dentro da caverna e após nove dias de intensa busca onde participaram mais de 1.300 pessoas.

Os militares, entre eles um médico e um psicólogo, cuidam dos garotos com suplementos energéticos e vitaminas. Apesar de visivelmente magros, estão em bom estado de saúde. 

Fonte: Agência EFE

Tópicos:  Tailândia,   Familiares,   Caverna

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)