15 de outubro de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mundo
Tragédias
04/10/2018 | 06h00
ONU destinará US$ 15 milhões para Indonésia
De acordo com os dados mais recentes, mais de 1,4 mil pessoas morreram

ONU anunciou que destinará US$ 15 milhões para ajuda emergencial aos afetados pelo terremoto e tsunami na Ilha de Celebes

O Escritório de Ajuda Humanitária da Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou ontem (3) que destinará US$ 15 milhões para ajuda emergencial aos afetados pelo terremoto e tsunami na Ilha de Celebes, na Indonésia, no último dia 28. Segundo dados recentes da organização, 66 mil imóveis e uma quantidade considerável de infraestrutura básica – como pontes e estradas – ficaram danificadas ou foram destruídas. De acordo com os dados mais recentes, mais de 1,4 mil pessoas morreram.

O subsecretário-geral para Assuntos Humanitários e Coordenador de Socorro e Emergências da ONU, Mark Lowcock, informou que a verba destinada servirá, entre outros, para atender necessidades mais urgentes de mulheres e meninas, “que por experiência ficam particularmente vulneráveis em circunstâncias como esta”. O terremoto e o tsunami também afetaram hospitais.

Lowcock destacou, apesar do conhecimento e do preparo das autoridades indonésias para gerir desastres naturais, “em algumas ocasiões, como em qualquer outro país, a ajuda externa também é necessária”. Segundo ele, equipes de diferentes agências especializadas da ONU ajudarão o governo a identificar as prioridades e a fornecer auxílio aos milhares que perderam tudo.

Povoado aniquilado

Uma equipe de socorristas da Cruz Vermelha da Indonésia descobriu nesta quarta-feira que um povoado inteiro foi aniquilado pelo tsunami que atingiu a ilha indonésia de Celebes na sexta-feira passada.

“Quando chegamos a Petobo, encontramos um lugar que foi apagado do mapa pelo poder do tsunami”, disse um representante do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) que acompanhava a equipe de resgate, segundo comunicou o órgão em Genebra. (Agência Brasil) 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)