28 de abril de 2017 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Rio Verde
16/02/2017 | 06h00
Paulo do Vale abraça luta por nova CPP
Vale aproveitou a presença do superintendente estadual de Administração Penitenciária para cobrar pessoalmente o aumento no efetivo da CPP

O prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale (PMDB), participou ontem (15) de uma reunião na Associação Comercial e Industrial de Rio Verde (Acirv) com representantes de instituições públicas e privadas para discutir a construção de um complexo prisional em Rio Verde, visando a retirada da Casa de Prisão Provisória (CPP) do centro da cidade e a criação de mais vagas no sistema penitenciário. 

Vale aproveitou a presença do superintendente estadual de Administração Penitenciária, Victor Dragazew, para cobrar pessoalmente o aumento urgente no efetivo da CPP e do Centro de Inserção Social (CIS), para evitar as constantes fugas de presos que vêm ocorrendo no município. 

A proposta de uma parceria público privada para a construção de um complexo prisional em Rio Verde tem inspiração no modelo desenvolvido em Senador Canedo, onde o poder público e o setor empresarial criaram o Projeto “Reciclando Vidas”. 

A iniciativa foi apresentada pelo empresário e presidente do polo industrial de Senador Canedo, Ronaldo Tibes. Ele destacou a reinserção dos presos no mercado de trabalho através de cursos e oportunidades de qualificação para os internos. Paulo do Vale se comprometeu a acelerar o processo no município e informou que, assim que os recursos para a construção forem disponibilizados, colocará o maquinário da Prefeitura à disposição.

Titular da 1ª Vara Criminal de Rio Verde, o juiz Eduardo Álvares de Oliveira apresentou um quadro da atual situação do sistema carcerário em Rio Verde. O magistrado enfatizou a importância de uma solução em conjunto para o grave problema e o envolvimento de toda a sociedade.  

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)