25 de abril de 2017 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Governo
20/03/2017 | 09h00
Governador anuncia ampliação de financiamentos do Banco do Povo
Ampliação das linhas de crédito e o aumento do valor máximo para financiamento estão entre as mudanças

O governador Marconi Perillo e o secretário de Desenvolvimento, Luiz Maronezi farão o anúncio de mudanças no Programa Banco do Povo amanhã (21), às 14h, no Auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

Ampliação das linhas de crédito e o aumento do valor máximo para financiamento estão entre as mudanças. O Banco do Povo é voltado para a população goiana que têm desejo em abrir ou expandir seu negócio, apoiando estes empreendedores por meio da concessão de financiamento em condições especiais.

O secretário Luiz Maronezi adiantou que entre as novas linhas de crédito serão acrescentadas outras modalidades de empréstimos para contemplar o produtor rural que hoje já conta com financiamento para produção de leite e derivados e hortaliças, e agora também terá para a criação de peixes, bovinos, aves e suínos. Além disso, também está previsto novo crédito para a produção de alimentos com foco na Agricultura Familiar.

Dentro dessa ampla reformulação, o Banco do Povo passará a oferecer linhas de crédito para universitários, voltada para o recém graduado, para os mototaxistas e para a construção civil (mestre de obras, pedreiros e serventes para aquisição de equipamentos).

Serviço

Evento: Anúncio de mudanças no Banco do Povo

Data: 21/03/2017 (terça-feira)

Horário: 14h

Local: Auditório Mauro Borges 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)