18 de setembro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Lapidado
14/03/2018 | 06h00
“Eliton é o mais preparado”, diz Vecci
Presidente do PSDB não acredita em segundo nome na base e destaca que vice-governador “é a pessoa mais lapidada em nível de governo”

“Não temos candidato melhor que Zé Eliton”, declarou ontem o deputado federal Giuseppe Vecci, presidente estadual do PSDB. Em entrevista à Rádio Sagres 730, ele ressaltou que ele “é a pessoa mais lapidada em nível de governo, por ter ficado esse período de aprendizado na gestão pública”. O parlamentar lembra que na base aliada existem outros nomes, mas “o mais sólido, que vem ao longo do período se despontando, é o vice-governador”.

Segundo Giuseppe Vecci, embora não tenha sido testado diretamente nas urnas, Eliton participou como vice-governador em duas eleições. “É o mais preparado, sereno, equilibrado e, com certeza, tem condições de manter o estado em crescimento e se desenvolvendo”, destaca o parlamentar. De acordo com o tucano, aliados precisam realçar as qualidades do pré-candidato e mostrá-las à sociedade.

“Há um trabalho que vem sendo desenvolvido há muito tempo, tanto pelo vice-governador quanto pelo governador Marconi Perillo em relação às alianças em torno do nome de Zé Eliton”, disse Vecci. Ele garante que o governo trabalha para agregar o maior número de partidos na base aliada. Segundo avalia, esse cenário deve se afunilar a partir do final de março, até o dia 7 de abril, prazo final para mudanças partidárias. “A partir daí o quadro de alianças ficará mais claro em nível do nosso estado”, afirma.

Sobre a formação da chapa, Vecci afirma que “não vejo divisão”. Segundo avalia, “é claro que temos mais partidos que vagas e é natural que alguém se sinta vulnerável”. Para o deputado, “dos que estavam juntos conosco, ainda há uma vírgula em relação ao PP, mas, espero que isso também seja resolvido”.

Quanto à possibilidade de um segundo nome, o presidente estadual do PSDB diz que “não acredito nisso”. Segundo analisa, “vivemos tempos difíceis, porque as administrações públicas estão literalmente quebradas. Mas, aqui em Goiás, vivemos uma situação excepcional”, pondera.

“Nesses 20 anos, tiveram desgastes, mas há o outro lado da moeda, com êxitos que essa administração teve”, disse o presidente do PSDB. “O que a gente precisa continuar vendendo é essa gestão, que destoa da maioria dos estados brasileiros”, analisa. “Aqui, nós estamos trabalhando, avançando, fazendo investimentos”, avalia. “O governo Marconi Perillo conseguiu mostrar pra sociedade que é possível fazer desenvolvimento e, ao mesmo tempo, ter controle nas finanças”, acentua o parlamentar.

De acordo com Vecci, estão sendo organizados encontros da base aliada. “Eu conversei com o Zé Eliton e está sendo programada uma reunião provavelmente para essa semana, para se discutir alguns assuntos dos partidos aliados, e, com certeza, nesse encontro, a gente deve fazer um cronograma dos encontros regionais”.

Vecci afirma ser candidato à reeleição e declarou que o partido hoje trabalha também para alcançar o feito de antes: eleger seis deputados federais. “Mas o PSDB não vive só de eleições, vive do trabalho do dia a dia, no sentido de construir um partido”, conclui. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)