13 de novembro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Goiás
08/11/2018 | 18h10
Aprovada em 1ª fase implantação de home office na Assembleia
Proposta propõe alteração da Resolução nº 1.073/01, que rege os servidores da Casa, autorizando a Mesa Diretora a implantar o sistema, também chamado de teletrabalho

(Foto: reprodução / MPGO)

Da Redação

Projeto de lei que permite a instituição de home office na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) foi aprovado em primeira votação durante sessão ordinária desta quinta-feira (8/11). A matéria é de autoria do deputado Helio de Sousa (PSDB). O parlamentar propõe alteração da Resolução nº 1.073/01, que rege os servidores da Casa, autorizando a Mesa Diretora a implantar o sistema, também chamado de teletrabalho.

Segundo o deputado, o teletrabalho, na Alego, corresponderia a uma modalidade de trabalho a ser prestado de maneira remota por servidor público ocupante de cargo de provimento efetivo ou em comissão, por meio de utilização de recursos tecnológicos, fora das dependências físicas do órgão. “O teletrabalho já foi regulamentado, por exemplo, no âmbito do Tribunal Superior do Trabalho (TST),” disse Helio de Sousa.

 
Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)