Domingo, 15 de setembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Macron convoca cúpula do G7 para discutir incêndios na Amazônia

Postado em: 22-08-2019 às 17h50
“Nossa casa está pegando fogo. Literalmente”, diz o presidente da França em publicação no twitter

Leandro de Castro

O presidente da França, Emmanuel Macron, utilizou as redes sociais na tarde desta quinta-feira (22) para denunciar a onda de queimadas que vêm atingindo a Amazônia. Na publicação, ele convoca os países do G7 para discutir quais atitudes serão tomadas.

“Nossa casa está pegando fogo. Literalmente. A Amazônia, pulmão do nosso planeta, que produz 20% do nosso oxigênio, está queimando. É uma crise internacional. Membros do G7, vamos discutir esta emergência nos dois dias”, diz Macron no Twitter.

O tuíte de Macron foi postado poucos minutos depois de uma mensagem semelhante do secretário-geral da ONU, Antonio Guterres.

"Estou profundamente preocupado com os incêndios na floresta amazônica. Em meio à crise climática global, não podemos permitir mais danos a uma fonte importante de oxigênio e biodiversidade", disse Guterres no Twitter. "A Amazônia deve ser protegida", enfatizou o secretário-geral da ONU.

As imagens dos milhares de focos de incêndio registrados nos últimos dias na Amazônia, e a acusação reiterada pelo presidente Jair Bolsonaro de que eles seriam provocados pelas ONGs, geraram intensa repercussão no exterior. Na França, os canais de TV exibiram ao longo do dia longas reportagens sobre o que consideram uma ameaça maior ao planeta.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar