A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Use of undefined constant v - assumed 'v'

Filename: controllers/noticia.php

Line Number: 85

POLÍTICA - “As portas do Brasil estarão abertas para que eu possa percorrer esse país”, diz Lula em discurso
Quarta-feira, 13 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

“As portas do Brasil estarão abertas para que eu possa percorrer esse país”, diz Lula em discurso

Postado em: 08-11-2019 às 19h00
Em sua fala ele também criticou o presidente Jair Bolsonaro e afirmou que, a partir de agora, planeja percorrer o Brasil - Foto: Gibran Mendes / / CUT Paraná

Leandro de Castro

Em seu primeiro discurso após deixar a prisão na tarde desta sexta-feira (8), em um palco improvisado, o ex-presidente Lula cumprimentou militantes, abraçou apoiadores e agradeceu os movimentos sociais presentes em Curitiba. Em sua fala ele também criticou o presidente Jair Bolsonaro e afirmou que, a partir de agora, planeja percorrer o Brasil.

Enquanto apoiadores cantavam “Lula, eu te amo”, o ex-presidente iniciou seu discurso enaltecendo o papel de lideranças do PT como Gleisi Hoffmann e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, além de agradecer os 'companheiros' do PCO, do PCdoB e do PSOL. Em sequência, Lula criticou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro e reforçou sua inocência.

"Se existe uma quadrilha e um bando de mafioso neste País, é essa maracutaia que fizeram para tentar, liderados pela Rede Globo, que o Lula era bandido. Eu quero dizer que se pegar o Dallagnol, se pegar o Moro, se pegar alguns delegados, e bater num liquidificador, o que sobrar não é 10% da honestidade que eu represento neste país”, destacou.

O ex-presidente disse ainda que pretende percorrer todo o Brasil. Segundo ele, as “portas do país” estarão abertas para recebê-lo. “Amanhã tenho encontro no Sindicato dos Metalúrgicos e depois as portas do Brasil estarão abertas para que eu possa percorrer esse país”, afirmou.

Por fim, Lula classificou a conduta do presidente Jair Bolsonaro como “mentirosa” e disse deixar a prisão com o sentimento de gratidão. "Eu saio com o maior sentimento de agradecimento. Eu tenho vontade de provar que esse país pode ser muito melhor a hora que ele tiver um governo que não minta pelo Twitter como Bolsonaro mente. Muito obrigado, do fundo do coração. Eu não tenho como pagar”, concluiu.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar