A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Use of undefined constant v - assumed 'v'

Filename: controllers/noticia.php

Line Number: 85

POLÍTICA - Bolsonaro faz breve discurso e mantém silêncio sobre Lula, em Goiânia
Quarta-feira, 13 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Bolsonaro faz breve discurso e mantém silêncio sobre Lula, em Goiânia

Postado em: 08-11-2019 às 19h25
Antes de falar, o presidente recebeu a notícia da soltura do petista, por auxiliares, e improvisou um elogio a Iris Rezende: “está com tudo funcionando” – Foto: Divulgação.

Nielton Soares

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), recebeu a notícia da soltura do ex-presidente petista, Luiz Inácio Lula da Silva, em Goiânia, nesta sexta-feira (8). A informação chegou ao presidente por um auxiliar, antes do presidente discursar, ao pegar o microfone, Bolsonaro improvisou na fala, arriscando um elogiou a Iris Rezende (MDB), de que tudo no prefeito “estava funcionando bem”. O governador Ronaldo Caiado (DEM) também participou da cerimônia.

Enquanto Bolsonaro estava em Goiânia, a 1.283 quilômetros de distância, em Curitiba, o juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Federal de Curitiba, assinava com imediata expedição o alvará de soltura de Lula e começava a divulgação da notícia pela imprensa. O presidente, de óculos, leu a notícia no celular do auxiliar e demonstrou surpresa.

Após isso, Bolsonaro foi anunciado para discurso, desconcertado e no improviso, comentou sobre Iris Rezende. “Mas o cara não fica velho. Acho que tá tudo funcionando. Da cintura pra cima e da cintura para baixo” falou em tom de brincadeira. Ele falou também acerca da aplicação do primeiro fim de semana de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e defendeu assuntos que “reconheçam a família, o valor do Estado brasileiro, e respeitem as crianças em sala de aula, sem ideologia, política ou de gênero”.

Ao fim do evento, ele preferiu não conceder entrevista à imprensa, como já estava previsto na programação, anteriormente. De lá, se dirigiu para a inauguração, também na capital, do diretório político do líder do governo na Câmara, deputado federal Victor Hugo. Bolsonaro embarcou para Brasília no início da noite.

A comitiva presidencial foi formada pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira. Além do deputado federal líder do governo na Câmara dos Deputados, Vitor Hugo (PSL).

Durante discurso, Caiado falou que há tentativa de grupos em transferir para o governo Bolsonaro o aumento da pobreza no país, citando a pesquisa de que 13 milhões de brasileiros são considerados pobres. “Não foram apenas as pedaladas fiscais, mas pedaladas sociais”, discursou. O governador ressaltou ainda a parceria com o Governo Federal para investimentos na área de saúde, exaltou as últimas ações na segurança pública e a redução de taxas e contribuições do Detran.

O evento aconteceu no estacionamento do Estádio Serra Dourada e contou com forte esquema de segurança. Aos municípios goianos, foram entregues 214 ônibus escolares, por meio do programa Caminho da Escola. Cada veículo teve o custo de R$ 189,9 mil a R$ 228,9 e um total de R$ 43,3 milhões, provenientes de emendas parlamentares do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. De acordo com o governo, os ônibus possuem poltronas móveis, facilitando o embarque e o desembarque de estudantes com deficiência.

Sexta visita

Essa foi a terceira visita oficial de Bolsonaro à Capital, após assumir a presidência da República. Em 31 de maior, o presidente esteve na capital para participando da 46ª Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil. Depois, participou no dia 26 de julho da cerimônia dos 161 anos da Polícia Militar de Goiás e da formatura do sobrinho no Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar.

Ao todo, o Bolsonaro visitou seis vezes o Estado de Goiás, indo ao município de Aragarças, a 380 quilômetros de Goiânia, em 5 de junho, para o lançamento do projeto Juntos pelo Araguaia. Em Anápolis, foram também duas visitas, sendo a primeira para a assinatura do termo de concessão da Ferrovia Norte-Sul, no Porto Seco Centro-Oeste, Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA), no dia 31 de julho. A segunda para participar da entrega do cargueiro da Força Aérea Brasileira (FAB), no dia 4 de setembro. 

Leia mais:

Bolsonaro abraça populares em Avenida de Goiânia  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar