Terça-feira, 25 de fevereiro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Caiado celebra bons resultados da safra 2019/2020 com produtores de soja em Jataí

Postado em: 23-01-2020 às 17h28
A cidade goiana foi escolhida para a solenidade de Abertura Nacional da Colheita do grão - Foto: Lucas Diener

Da Redação

Tradição, sustentabilidade e novas tecnologias são os pilares do crescimento do agronegócio em Goiás. Durante a Abertura Nacional da Colheita da Soja - safra 2019/2020, realizada hoje, 23, no município de Jataí, o governador Ronaldo Caiado enalteceu a grande capacidade produtiva do Estado, cuja qualidade dos grãos é reconhecida internacionalmente.

“Hoje o mundo se curva à produtividade brasileira. Todos respeitem o setor que sustenta esse País de ponta a ponta”, declarou.

Em todo País, especialmente em Goiás, o agronegócio se firma como um grande impulsionador da economia. “O agronegócio é o setor da economia mais pujante, o que mais emprega e, ao mesmo tempo, é o setor que passa a ser referência mundial. Então, é o motivo de muito orgulho para nós”, avaliou o governador, diante de produtores rurais goianos e de várias regiões do País.

Caiado destacou que o setor ainda enfrenta gargalos em relação à infraestrutura, mas que o governo tem trabalhado fortemente para solucionar essas demandas. “Primeiro, precisamos avançar em infraestrutura. Em segundo lugar, continuarmos com o trabalho para garantir o fornecimento de energia a todos os produtores rurais com qualidade, e também a todo o setor industrial e setor urbano. Terceiro ponto é avançar, porque Goiás infelizmente ainda não tem fibra ótica em todos os municípios para poder dar acesso aos produtores à inovação existente hoje no mercado”, explicou.

Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária da Câmara dos Deputados, Alceu Moreira considerou que a abertura nacional da colheita da soja não poderia ter sido realizada em um lugar melhor. “Jataí merece isso, Goiás merece isto, sem sombra de dúvidas. E ter um governador como Caiado, completamente comprometido com o setor, profundo conhecedor, produtor rural é certamente outro motivo que eleva ainda mais este ato solene”, afirmou.

Segundo os representantes do setor, a meta para 2020 já está definida: posicionar o Estado de Goiás como o maior produtor de soja mundial. Para isso, a estimativa é de uma produção de mais de 12 milhões de toneladas. “É o reconhecimento de um Estado que, cada vez mais, aumenta sua capacidade de produzir, implanta as mais novas tecnologias e, ao mesmo tempo, respeita o meio ambiente”, ressaltou Caiado, que, ao final do evento, conduziu uma colheitadeira de última geração, abrindo simbolicamente a colheita deste ano.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar