Terça-feira, 11 de agosto de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Primeira-dama Michelle Bolsonaro testa positivo para Covid-19

Postado em: 30-07-2020 às 12h15
Resultado do exame da primeira-dama deu positivo dias depois de o presidente Jair Bolsonaro ter anunciado que se curou da doença| Foto: Reprodução/ Isac Nóbrega/PR

Eduardo Marques

A primeira-dama Michelle Bolsonaro está com Covid-19, informou nesta quinta-feira (30) o Palácio do Planalto. Em nota, a Presidência disse ainda que o estado de saúde de Michelle é bom e que ela seguirá "todos os protocolos estabelecidos" para tratamento da doença. 

"A primeira-dama Michelle Bolsonaro testou positivo para Covid-19 nesta quinta-feira, 30. Ela apresenta bom estado de saúde e seguirá todos os protocolos estabelecidos. A primeira-dama está sendo acompanhada pela equipe médica da Presidência da República", diz a nota divulgada pela Presidência.

A primeira-dama mora com Bolsonaro e as filhas Leticia e Laura na residência oficial do Palácio da Alvorada. Letícia é enteada do presidente.

Michelle participou na quarta-feira (29) de uma cerimônia no Palácio do Planalto, na qual discursou. A primeira-dama apareceu ao lado do presidente e utilizou máscara.

As ministras Tereza Cristina (Agricultura) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) discursaram no mesmo evento.

O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), também compareceu ao evento e ficou próximo da primeira-dama. 

Bolsonaro anunciou no último dia 7 o resultado positivo do teste que realizou para saber se estava com Covid-19. Ele ficou por quase três semanas no Alvorada e informou no sábado passado que estava recuperado.

Bolsonaro realizou reuniões virtuais, participou de solenidades por videoconferência e assinou documentos por meio digital durante o período no Alvorada, no qual também caminhou pelos jardins do palácio e conversou com profissionais de limpeza.  

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, revelou que está com Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, na quarta-feira (29) ao final de uma transmissão ao vivo feita pela internet com o senador Roberto Rocha (PSDB-MA). 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar