Quarta-feira, 02 de dezembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Prefeito e vice de Iporá têm mandatos cassados e devem se afastar dos cargos

Postado em: 20-11-2020 às 11h50
Para o TER-GO, os políticos foram responsáveis por irregularidades cometidas na campanha eleitoral que levou a chapa à vitória em 2016, nas eleições municipais - Foto: Reprodução

Igor Afonso

O atual prefeito reeleito de Iporá, Naçoitan Araújo Leite (PSDB) e o vice-prefeito, Duílio Alves Siqueira (PSDB), deverão ser afastados dos cargos em até 48h, após terem os mandatos cassados em uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TER-GO) no último dia 10 de setembro.

A decisão foi tomada depois do julgamento feito pela Justiça Eleitoral dos últimos embargos pendentes no processo, realizado na última quinta-feira (19). Agora, Naçoitan e Duílio, deverão permanecer inelegíveis pelos próximos oito anos. Para o TER-GO, os políticos foram responsáveis por irregularidades cometidas na campanha eleitoral que levou a chapa à vitória em 2016, nas eleições municipais.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) afirma que Naçoitan teria usado um helicóptero no dia 1º de setembro de 2016 para espalhar material difamatório sobre outro candidato, Amarildo Martins Mariano. Após investigações, peritos do Centro de Inteligência do MP, o Grupo de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar (Graer) e a Superintendência da Polícia Técnico Científico chegaram à conclusão de que a aeronave utilizada na ocasião era a mesma que vizinhos viram na fazenda da irmã de Naçoitan.

De acordo com o MPE, a prática configura abuso de poder econômico e gastos ilícitos de recursos. A assessoria de Naçoitan ainda não se manifestou sobre o caso, mas o espaço segue aberto.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar