Política

Prefeito, vice e vereadores ganharão mais a partir de 2021, em Trindade

Postado em: 02-12-2020 às 12h50
Políticos aumentaram os próprios contracheques e vão receber: chefe do executivo mais de 25 mil (25% de alta); vice quase R$ 19 mil e parlamentares mais de R$ 12 mil | Foto: reprodução

O prefeito eleito, vereador Marden Júnior (Patriota), aprovou o aumento da própria remuneração que passará a receber à frente da Prefeitura de Trindade, município da região Metropolitana de Goiânia. É que ele venceu as eleições, porém, segue no mandato de vereador, foi um dos parlamentares que votaram na Câmara Municipal, aprovou com unanimidade, o projeto de aumento salarial, na noite de segunda-feira (1º).

A proposta que vai à sanção ou veto do atual prefeito Jânio Darrot (PSDB), aliado de Marden, reajusta também os ganhos dos vereadores e vice-prefeito. A partir do próximo ano, o prefeito passa a ganha 25.322,25 (25% de alta); parlamentares: R$ 12.671,12 e o vice R$ 18.991,78.

A Câmara informou, por nota, que o projeto é para atualizar os valores determinado pela Constituição Federal. Lá é previsto que “municípios de 101 mil e a 300 mil habitantes, o subsídio máximo dos vereadores corresponderá a 50% do subsídio dos Deputados Estaduais”.

No entanto, há um valor mínimo. E, no caso de Trindade, houve a opção pelo aumento máximo. Isso porque, os deputados estaduais ganham R$ 25.322,25.

Reajuste

O contracheque do novo projeto irá corresponde a 100% do que recebem os parlamentares goianos na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). E, por vez, vice a 75%.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar