Política

Bolsonaro tenta sabotar medidas contra Covid-19, cita relatório da Human Rights Watch

Postado em: 13-01-2021 às 12h38
A informação foi divulgado pelo jornal Folha S. Paulo; ONG destacou ainda atuação do presidente na área ambiental e na segurança pública | Foto: ABr

Nielton Soares

A Organização Não Governamental (ONG) Human Rights Watch divulgou um relatório mundial nesta quarta-feira (13). Nele, é afirmado que o presidente Jair Bolsonaro tentou sabotar todas as medidas contra a disseminação do novo Coronavírus no Brasil.

Além disso, a entidade cita que o chefe do executivo impulsionou políticas que comprometem os direitos humanos. O que forçou o Supremo Tribunal Federal (STF)), o Congresso e os governos estaduais, a intervir nessas decisões.

O documento está na 31ª edição, e analisa a situação dos direitos humanos em mais de 100 países, a Human criticou ainda Bolsonaro por minimizar a gravidade da doença, chamando a Covid-19 de "gripezinha", e por disseminar informações equivocadas.

A diretora da ONG Internacional, Anna Livia Arida, frisou: "O STF e outras instituições se empenharam para proteger os brasileiros e para barrar muitas, embora não todas, as políticas anti-direitos de Bolsonaro. Essas instituições precisam permanecer vigilantes".

O documento acrescenta que o governo de Jair Bolsonaro tem enfraquecido a fiscalização de outras áreas como a ambiental, ao dá "carta branca às redes criminosas envolvidas no desmatamento ilegal na Amazônia e que ameaçam e atacam os defensores da floresta".

Em relação a violência, a organização destaca que houve políticas contrarias aos direitos das mulheres. Além disso, não há enfrentamento da violência policial, porém, incentivo. É relato que em 2019, a polícia matou 6.357 pessoas no Brasil. Considerada uma das maiores taxas de mortes pela polícia no mundo, sendo quase 80% das vítimas negras.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar