Política

Troca de farpas entre parlamentares causam tumulto na Câmara de Goiânia

Postado em: 08-04-2021 às 11h40
Os vereadores Sargento Novandir (Republicanos) e Pedro Azulão (PSB) quase chegam às vias de fato durante sessão. | Foto: Reprodução

Pedro Jordan

Troca de farpas entre Sargento Novandir (Republicanos) e Pedro Azulão (PSB) durante a sessão do dia 08 de abril. O republicano em plenário questionou a quantidade de carros a disposição dos vereadores, que segundo ele, chega a ter três veículos à disposição de alguns vereadores. O peessedebista questionou o parlamentar, que segundo ele, estava com discurso de desmoralizar o poder legislativo e os colegas, além de que os motivos do sargento são de que gostaria de fazer barganha política.

Ele cita que os atos da mesa são transparentes e estão à disposição da população na transparência, e que os veículos da câmara são para o trabalho dos vereadores, e que ele não faz nada de errado. “Seja um vereador como espera primeiro por você, vamos discutir coisas importantes por Goiânia, não é fazer acordinho”, reforçou no plenário.

Segundo Azulão, ele chegou a ser coagido no começo do mandato, por conta de uso de gabinete, e cedeu ao desejo de Novandir e passou o gabinete ao vereador. Após a declaração, quase que os dois parlamentares chegaram a brigar de fato, mas a turma do deixa disso chegou antes e conteve os animos dos vereadores.

Outro parlamentar, o Kleyber Morais (MDB), chegou a brincar com a situação e falar que se pegar vereador brigando, iria dar uma surra nos dois. “Não me interessa quem está certou ou errado, já fiz karatê e pra arrancar arma de cintura ou derrubar os dois é fácil, sou maior”, salienta.

Após as discussões, Sargento Novandir afirmou que irá publicar em suas redes sociais quais os vereadores que tem mais de um carro a disposição paga com verba da câmara. “Vou mostrar os colegas que tem dois corolas e um ethios sem custo, com motoristas, e sobre a acusação do vereador azulão é mentira, não faço barganha e não ameacei ninguém, eu ameaço e mato é bandido como policial”, desabafa.  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar