Sexta-feira, 13 de dezembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Ser do bem

Arquiteto instala gangorras em muro que separa Estados Unidos e México

Postado em: 30-07-2019 às 18h06
Os brinquedos foram instalados como forma de protesto contra as políticas migratória de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos

Da Redação

As imagens de crianças brincando em gangorras instaladas no mudo que divide os Estados Unidos do México estão circulando na internet e vem chamando atenção de muita gente pelo ato de empatia de dois professores da Universidade da Califórnia. Os brinquedos foram instalados como forma de protesto contra as políticas migratória de Donald Trump, presidente dos EUA.

Quem teve a ideia foi o professor de arquitetura Ronald Rael, e quem ajudou a desenvolver o projeto foi a professora de design, Virginia San Fratello. Em diversas partes do mudo há uma cerca metálica com vãos onde os educadores puderam instalar os brinquedos.

O arquiteto Ronald conta que o objetivo de colocar gangorras entre as cidades de Sunland Park (EUA) e Anapra (México) vai bem além do sentido recreativo, também é uma forma de protesto questionando a presença do mudo entre os países. “O que uma pessoa faz de um lado gera impacto no outro. É exatamente o que a gangorra faz. Sobe e desce”, disse Rael.

O intuito é mostrar que a conexão é mais importante que a separação, ideia que pode ser percebida através das imagens das pessoas brincando juntas em meio ao mudo que divide as fronteiras. “O muro tornou-se um ponto de apoio para as relações entre EUA-México, e os adultos foram conectados de maneira significativa entre ambos os lados, reconhecendo que as ações que acontecem de um lado tem efeitos do outro”, completou o arquiteto.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar