16 de dezembro de 2017 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Outubro Rosa
06/10/2017 | 13h40
HGG realiza cirurgias de mama para retiradas de nódulos neste fim de semana
Serão feitas 12 cirurgias. As pacientes já haviam sido encaminhadas para o HGG

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Esse é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), no Brasil, a cada ano, 28,1% novos casos são diagnosticados em mulheres.

Pensando nisso, o Hospital Alberto Rassi (HGG) aderiu mais uma vez à campanha Outubro Rosa, de combate ao câncer de mama. Neste sábado (07), com a implantação do Serviço de Mastologia, a unidade vai realizar 12 cirurgias para as retiradas de nódulos benignos e malignos.  O atendimento será de forma gratuita.

De acordo com o hospital, as dozes pacientes já haviam sido encaminhadas para o HGG. Algumas delas irão fazer a reconstituição mamária.

Segundo a chefe de Mastologia do HGG, Érika Pereira de Sousa e Silva, a campanha Outubro Rosa é de extrema importância. “Quanto mais precocemente for diagnosticado o câncer de mama, mais eficácia em seu tratamento e cirurgias menos mutiladoras”, explica.

Ainda de acordo com o hospital, a princípio apenas 12 mulheres irão passar pelo procedimento de cirurgia.

O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos.  

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)