16 de dezembro de 2017 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Inclusão
07/10/2017 | 09h30
Crianças com deficiência ganham festa neste domingo
Além dos moradores da região, o evento contará com a participação de crianças com deficiência que fazem tratamento CRER e crianças índias da Casa Do Índio

Goiânia recebe no próximo amanhã (08), a 1° Festa do Dia das Crianças do Setor Jaó. O evento é promovido pela Associação dos Moradores do Setor Jaó (Amojaó) em parceria com a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Politicas Afirmativas (SMDHPA). Com a ação, a intenção é proporcionar para as crianças do bairro, com ou sem deficiência, momentos de confraternização, lazer e brincadeiras, e principalmente de conscientização sobre a importância do respeito pelo próximo.

Além dos moradores da região, o evento contará com a participação de crianças com deficiência que fazem tratamento no Centro de Reabilitação e Readaptação Doutor Henrique Santillo (CRER) e crianças índias da Casa Do Índio (Casai) de Goiânia.

O superintendente de Pessoa com Deficiência ou Mobilidade Reduzida da SMDHPA, Antônio José, salienta sobre a importância de eventos como esse. Segundo ele, o evento pode ser algo pequeno para algumas pessoas, mas para as crianças com deficiência é de grande exatidão. “Só quem é deficiente sabe o quanto é importante ter acessibilidade em todos os cantos, seja em casa, no trabalho ou até mesmo numa festa. Agora imagina a criança com deficiência ter um brinquedo que foi feito para sua realidade”, lembrou.

Na oportunidade, será inaugurado um balanço fixo acessível às crianças com deficiência, que foi construído com recursos doados pelos moradores e pelos servidores da Prefeitura de Goiânia. 

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)