19 de outubro de 2017 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Um PARE pela vida
09/10/2017 | 17h00
HUGOL trabalha reeducação dos pacientes para o trânsito
A ação será permanente, voltada especificamente para a conscientização dos pacientes vítimas de acidente de trânsito internados no hospital

Em continuidade ao programa de Prevenção de Acidentes e Reeducação para o trânsito (PARE) promovido pelo Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL), foi iniciada em agosto ação voltada especificamente para a conscientização dos pacientes vítimas de acidente de trânsito internados no hospital. Agora, a iniciativa será permanente, conduzida pela equipe de terapia ocupacional do HUGOL, como ação da Comissão de Humanização do hospital.

Como a unidade realiza atendimentos de urgência e emergência, de média e alta complexidade, para pacientes vítimas de traumas, dentre eles pessoas politraumatizadas em ocorrências automobilísticas, foi desenvolvida essa atividade para capacitá-los enquanto multiplicadores de um trânsito sem mortes, pedindo “um PARE pela vida”.

O terapeuta ocupacional do HUGOL, Ruben Carrijo, explica que a equipe faz uma avaliação prévia com as vítimas de acidentes de trânsito, coletando dados sobre as pessoas e o motivo de sua internação, convidando-as a participarem do PARE. Em seguida, os profissionais da terapia ocupacional promovem atividades construtivas em grupo com os pacientes e acompanhantes nas enfermarias de internação, inicialmente na ortopedia/traumatologia, ala que concentra maior percentual de pessoas nesse perfil.

“O objetivo é gerar neles a consciência sobre o papel de cada cidadão na melhoria do trânsito e quais são os prejuízos causados ao ser acidentado – tanto para quem está envolvido diretamente com o acidente quanto para familiares, amigos e mesmo a sociedade. Temos como meta produzir o potencial dessas pessoas serem também os responsáveis por criar uma nova educação no trânsito”, explica Ruben. Além disso, ele complementa que a intenção é “influenciar diretamente a maneira como eles têm se comportado no trânsito, reduzindo o risco de novas ocorrências, para que divulguem e debatam com seus próximos a experiência vivida com a internação e assim alterem a comunidade em que estão inseridos”.

Na atividade realizada semanalmente, os resultados têm demonstrado que “quase todos acreditam que o acidente poderia ter sido evitado, mas que a culpa é principalmente do outro motorista; em grande parte perceberam o prejuízo que o acidente causou na rotina diária de sua vida e de sua família; e quão difícil está e será o tratamento para retornar às suas atividades”, relata o terapeuta.

Estatísticas

No período de janeiro de 2016 a junho de 2017, o HUGOL realizou 8.760 atendimentos de urgência e emergência às vítimas de acidentes de trânsito. Desses, 62% referem-se a acidentes com motocicletas, 28% a acidentes com outros veículos e 10% a vítimas de atropelamento.

PARE

O PARE – Prevenção de Acidentes e Reeducação no Trânsito é um programa de prevenção, conscientização e educação, desenvolvido para contemplar os públicos interno e externo do HUGOL. Com a mensagem principal da campanha: “Um PARE pela vida”, a unidade está conscientizando as pessoas através dos alertas e pedindo: “PARE de beber e dirigir”; “PARE de fazer ultrapassagens arriscadas”; “PARE de dirigir em alta velocidade”; dentre outros temas que serão elencados conforme maior incidência de casos de pacientes atendidos na unidade. Até junho de 2017, o hospital promoveu sete ações no trânsito, que resultaram na orientação de mais de 17 mil motoristas.

(HUGOL)

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)