16 de dezembro de 2017 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Outubro Rosa
11/10/2017 | 11h10
Centro de Saúde faz campanha de arrecadação de lenços
Os objetos recolhidos serão encaminhados às pacientes do Hospital Araújo Jorge que estão em tratamento contra o câncer

O Centro de Saúde da Família (CSF) do Residencial Vale dos Sonhos, região Norte de Goiânia, está com uma campanha para arrecadar lenços de cabeça para mulheres em tratamento contra o câncer. A ação faz parte do “Outubro Rosa”, mês de conscientização sobre o câncer de mama.

A iniciativa que leva o nome de “Lenço Solidário” tem como objetivo sensibilizar as pessoas para a importância da autoestima no tratamento contra a doença e, ao mesmo tempo, também alertar para a prevenção contra o câncer que mais mata mulheres no mundo.

A campanha vai até o dia 30 deste mês. Para doar, basta ir ao centro de saúde, que está localizado na rua Maria de Jesus, quadra 57, no residencial Vale dos Sonhos ou ligar 3524-5111 para obter mais informações sobre como ajudar nesta causa.

“Temos sensibilizado a comunidade para várias causas sociais, uma delas é o câncer de mama e a importância do autoexame para mulheres. Outras ações também como o teste do pezinho em bebês, onde realizamos ensaios fotográficos com as gestantes que realizam pré-natal aqui e um grupo de caminhada que se reúne todos os meses e incentiva as pessoas a terem uma vida mais saudável”, destaca a gestora da unidade, Maria Sirlene de Jesus Mariano, sobre esta e outras iniciativas.

Os lenços arrecadados, segundo Maria Sirlene, serão entregues aos pacientes no Hospital Araújo Jorge, no Setor Leste Universitário, logo após o encerramento da campanha. 

(Foto: Reprodução)

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)