22 de novembro de 2017 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Doação
08/11/2017 | 18h00
Itego em Porangatu inova com projeto voluntário
A proposta é estender o projeto para toda comunidade nas próximas edições

Na próxima quinta-feira (9), o Instituto Tecnológico de Goiás (Itego) Maria Sebastiana da Silva em Porangatu, realizará o projeto Armário Solidário, que tem como finalidade incentivar os alunos e funcionários a reduzirem o desperdício do próprio consumo, combaterem o consumismo e a desigualdade social através do desapego voluntário. O evento acontecerá no pátio da unidade em dois horários, às 13h30 e 20h30.

Idealizado pela professora de Empreendedorismo, Elizandra Boita, o primeiro Armário Solidário será executado pelos alunos do curso de Assistente Administrativo. Roupas, sapatos, utensílios domésticos e até alimentos não perecíveis, serão compartilhados entre eles. “O que um aluno não usa mais, pode ser algo que o outro necessite naquele momento”, explica Elizandra.

O objetivo da instituição é nas próximas edições, estender o projeto para toda a comunidade. “Vamos trabalhar esta ação com os alunos e através desta primeira experiência nos preparar para algo maior e mais abrangente. O voluntariado é uma maneira de aproximarmos nossos alunos da realidade que vivemos, e da importância de ajudar o próximo”, conclui a idealizadora do projeto.

Serviço:

Projeto Armário Solidário

Data: 9/11/17

Horário: 13h30 e 20h30

Local: Instituto Tecnológico de Goiás (Itego) Maria Sebastiana da Silva

Endereço: Avenida Mutunópolis, S/N – St. Jd Brasília – Porangatu – Go

Contato: (62) 3362-5800 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)