18 de junho de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Ser do bem
03/03/2018 | 06h00
Campanha arrecada mais de 500 mechas para fazer perucas

Após quase dois meses de mobilização, a Campanha "Doe Suas Tranças Rapunzel" arrecadou 529 mexas para a confecção de perucas para pacientes com câncer da Santa Casa de Misericórdia, em Goiânia. As doações foram feitas por moradores de seis cidades goianas, do Rio de Janeiro e São Paulo. "É muita alegria, não tem explicação, sentimento é de gratidão, fico emocionada, feliz com tantas pessoas que poderei ajudar", disse a atriz e idealizadora do projeto, Franciele Assunção.

A campanha começou em 6 de janeiro e foi organizada por Franciele em parceria com a fotógrafa Kenia Melo. Na época, elas tinham o objetivo de fazer uma ação entre amigos. "A ideia surgiu após uma oração, Deus colocou no meu coração que ia ajudar pessoas com câncer. Esperava conseguir 50 mexas, mas não sabia que os planos de Deus eram maiores, foram 500", contou.

Como a atriz trabalha anos com animação de eventos, ela decidiu se fantasiar de Rapunzel para também despertar nas crianças a vontade de ajudar. "As crianças se mobilizavam, ficavam encantadas e chamavam as mães para participar", relata.

Todas as mechas foram doadas à Santa Casa de Misericórdia. A unidade atende, atualmente, a 332 pacientes com câncer.

Superintende técnico do hospital, o médico Pedro Ivandosvick afirma que a perda do cabelo, por não ser espontânea, abala muito os pacientes, principalmente quando se tratam de mulheres e crianças. "A partir do momento que perde o cabelo, se começa a ter noção da gravidade do tratamento. A peruca é importante porque melhora a autoestima, melhora o psicológico da paciente e o tratamento evolui melhor", avalia.


Voluntários

A campanha veio somar com o projeto de confecção de perucas que Santa Casa desenvolve há quatro anos. Batizado de “O cabelo cresce e a solidariedade aparece”, ele já entregou 132 perucas. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)