18 de julho de 2018 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Saúde
13/06/2018 | 14h05
Doações de sangue na Capital estão em baixa
Hemocentro de Goiás está com cerca de um terço da capacidade de bolsas de sangue

Guilherme Melo

Com capacidade de estoque de 1,8 mil bolsas de sangue, o Hemocentro Coordenador Estadual de Goiás Dr. Nion Albernaz (Hemoceg) vem operando em baixa este mês de junho, com apenas um terço da capacidade. Por essa razão, a partir de hoje (13) a instituição, por meio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), realiza uma campanha de doação de sangue em Goiânia e cidades do interior, como Catalão, Ceres, Rio Verde e Jataí. A iniciativa visa aproveitar o Dia Mundial da Doação de Sangue, comemorado nesta quinta-feira (14), e tem como objetivo a mobilização e a conscientização da comunidade sobre a importância da prática da doação de sangue para salvar vidas.

De acordo com o diretor administrativo do Hemoceg, Arione de Paula, nos meses de janeiro, fevereiro, julho e dezembro são considerados os mais críticos para a doação, já que antecipam ou ocorrem no período de férias escolares. A preocupação este ano está maior, por conta das festas juninas e a Copa do Mundo, períodos em que caem as doações e que podem aumentar os índices de acidentes e ocorrências graves. “Fazemos um apelo para que todo cidadão que esteja na sua cidade procure uma unidade de coleta ou alguma cidade mais próxima para colaborar com essa campanha”, diz. Arione alerta que no mês de junho é necessário um estoque de cerca de 1,5 mil bolsas para conseguir suprir o período de férias.

O Instituto abastece toda a rede de assistência do Sistema Único de Saúde (SUS), formada por cerca de 190 serviços de saúde em todo o Estado. A coleta realizada na Capital será distribuída, além de Goiânia, na cidades de Iporá, Formosa, Quirinópolis e Porangatu. Outros centros da região metropolitana também solicitam doações, como Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Este, em particular, precisa de doações de todos os tipos de sangue de fator Rh negativo (O-, A-, B-, AB-), cujas reservas se encontram em estado crítico.

A data

Desenvolvida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), o Dia Mundial da Doação ocorre em diversos países e tem como motivação a frase "Seja solidário. Doe Sangue. Compartilhe vida", tendo valores humanos como altruísmo, respeito, empatia e generosidade como destaques.

Doação

Para doar sangue, é necessário que o voluntário tenha boas condições de saúde, de 16 a 69 anos de idade e peso superior a 50 quilos. Todos os doadores devem passar por uma triagem hematológica, verificando os sinais vitais e a hemoglobina. Posteriormente o indivíduo passa por uma triagem clínica, contendo uma entrevista individual e confidencial. Por fim, se estiver apto para doação, é encaminhado à sala de Coleta.

O tempo médio para a coleta do sangue é de 15 minutos e o Hemocentro adverte que os homens podem doar sangue de dois em dois meses, intervalo de 60 dias. Já as mulheres podem realizar a doação com um intervalo maior, de cerca de 90 dias. É aconselhado que antes da doação a pessoa esteja descansada, que tenha dormido pelo o menos seis horas nas últimas 24 horas.

É importante não esquecer de levar algum documento com foto emitido por órgão oficial. Informações: 3201-4570.

Locais de doações: 

Hemocentro Central - Av. Anhanguera, nº 5.195, Setor Coimbra.

Hospital das Clínicas - 1ª Avenida, S/nº, Setor Universitário.

Hugol, Porangatu, Formosa, Quirinópolis e Iporá - Av. Anhanguera, nº 14527, Setor Santos Dumont.

Rio Verde - Rua Augusta de Bastos c/ Rua Luiz de Bastos, nº 395, Centro, Rio Verde.

Catalão - Rua Osório Vieira Leite, nº78, Bairro São João, Catalão.

Ceres - Rua 29, nº576, Centro, Ceres.

Jataí - Rua Joaquim Caetano c/ rua Caçu s/n°, Bairro Divino Espírito Santo, Jataí.

 
Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)