23 de outubro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Goiânia
21/09/2018 | 09h40
Colégio estadual recebe campanha Dia de Ser Solidário 2018
Evento solidário reúne ações gratuitas como orientação profissional, assistência à saúde, entre outros

Da Redação

No sábado, 22 de setembro, a campanha que une educação e solidariedade chega ao Colégio Estadual Menino de Jesus, na região sudeste de Goiânia. Com mais de 450 estudantes do Ensino Médio, a escola vai ser o palco para as ações do evento que integra a 14ª Campanha de Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES).

No Dia de Ser Solidário da Fasam serão realizadas ações socialmente responsáveis que contribuem para a melhoria da qualidade de vida da população. De portas abertas, o evento contará com atendimentos em diversas áreas, como orientação profissional, assistência à saúde, promoção da inclusão digital, atendimento jurídico, e atividades culturais e recreativas para todas as idades. A programação completa está disponível no site www.fasam.edu.br. 

“Com o Selo Instituição Socialmente Responsável concedido pela ABMES, a Fasam é uma das milhares de instituições de ensino superior do País que, entre os dias 17 e 22 de setembro, aderem à campanha a fim de mostrar para sociedade a importância da responsabilidade social do ensino particular. O projeto já chegou a atender mais de 1,3 milhão de pessoas, com eventos simultâneos. É um orgulho fazer parte e envolver a população goiana nessa grande mobilização solidária”, afirma o diretor administrativo-financeiro da Fasam, Ítalo Oliveira Castro.

A diretora do Colégio Estadual Menino de Jesus, Aneria Maria Feliciana dos Santos, avalia que o Dia de Ser Solidário da Fasam vem de encontro com as necessidades de alunos, família e da comunidade local. “Os problemas sociais que vivenciamos todos os dias influenciam diretamente no futuro dos adolescentes que aqui estudam. É nítida a falta de estrutura familiar e também de integração com a comunidade, aos serviços de atenção básica e acesso às instituições de Ensino Superior. É a primeira vez que recebemos uma ação solidária desse porte. A Fasam traz esse projeto em um momento muito oportuno, em que o colégio será o centro do resgate da família e da união da comunidade que tanto precisamos”, afirma Aneria, que trabalha há mais de 30 anos pela educação.

Saúde, lazer, direitos humanos e sustentabilidade ambiental

A programação do Dia de Ser Solidário da Fasam é variada. A comunidade presente poderá participar da Oficina de Primeiros Socorros, e aprender mais sobre o corpo humano na Oficina de Anatomia. Ainda na área da saúde, a faculdade realizará atendimento gratuito para avaliação de doenças bucais.

Para alegrar o sábado, o lazer contará com pula-pula, escultura de balões, pintura de rosto e muita contação de história. Os apaixonados por cinema e fotografia poderão participar de Oficina de Fotografia e até mesmo de Selfie. Haverá ainda o Cine-Debate. A obra em cartaz será “Ilha das Flores”, curta-metragem brasileiro, dirigido por Jorge Furtado, que mostra como a economia pode gerar relações desiguais entre os seres humanos.

Para os interessados em empreender, o Dia de Ser Solidário será uma ótima oportunidade para receber orientações para cadastro de microempresas e coleta de dados de MEIs. Profissionais da área da administração estarão ainda disponíveis para orientar sobre entrevistas de emprego e produção de currículo.

A equipe do Núcleo de Prática Jurídica da Fasam (NPJ) realizará atendimento gratuito. Os presentes poderão ainda refletir sobre a importância da sustentabilidade ambiental no evento em que serão distribuídas 120 mudas ornamentais.

 
Tópicos:  Fasam,   Evento,   Solidariedade,   Atendimento

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)