Quarta-feira, 28 de outubro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Xadrez

Vanderlan promete mexer na alíquota do ISS de Goiânia

Postado em: 10-10-2020 às 06h59
Alíquota de Goiânia é 3% maior que a de Aparecida de Goiânia - Foto: Reprodução

Venceslau Pimentel 

Segundo tributo que a prefeitura de Goiânia mais arrecada, depois do IPTU, o ISS deve render aos cofres do município, em 2021, R$ 765,3 milhões. E é nesse tributo que o prefeitável Vanderlan Cardoso (PSD) promete mexer, caso chegue ao Palácio das Campinas. A alíquota está em 5%, três pontos percentuais a mais que o da vizinha Aparecida de Goiânia. Em debate na Acieg, o candidato disse que o tributo está num patamar alto e se comprometeu a discutir o assunto com o fórum empresarial. Mas deixou claro que qualquer alteração na alíquota por um determinado período. “Vamos chamar os empresários para fazermos um acordo para reduzirmos os impostos, mesmo por um período determinado, e ajudarmos a recuperar o segmento”. 

Renúncia fiscal 

No mesmo debate, o candidato Maguito Vilela (MDB) acenou com a possibilidade de conceder incentivos fiscais ao setor produtivo para gerar empregos. Na Lei Orçamentária de 2021, a renúncia fiscal é estimada em R$ 360 milhões,que impactará nas projeções de receitas do município. 

 Patinando 

Com o presidente Jair Bolsonaro fora do PSL, os candidatos a prefeito pelo partido, pelo País, patinam na casa dos 5%. É o caso do deputado Major Araújo, que entrou na disputa com o apoio do colega de partido, os deputado federal Delegado Waldir. 

Novo fôlego 

O decreto baixado pelo prefeito Iris Rezende, autorizando a realização de eventos de negócios, congressos e seminários em Goiânia trouxe animação para os candidatos, que prometem intensificar os atos de campanha. 

Nas ruas 

Embalado pelos números da pesquisa FoxMappin/O Hoje, o candidato a prefeito de Anápolis, Antônio Gomide (PT), faz neste sábado a primeira carreata de sua campanha. O levantamento mostra o petista liderando o processo, com 38,2%. A vantagem sobre o prefeito Roberto Naves (Progressitas) é de 18%. 

 Após as eleições 

Uma fonte emedebista atesta que o caso do senador Luiz Carlos do Carmo, que declarou apoio a Vanderlan Cardoso, será analisado pela Comissão de Ética do partido. Mas só depois das eleições municipais. Carmo tem dito que o prefeitável do PSD tem o melhor projeto para Goiânia. 

Passeio 

Sem propaganda eleitoral pela TV, e com a desistência de Veter Martins, em Aparecida de Goiânia, analistas políticos analisam que esses dois fatos favorecem ainda mais a vitória do prefeito Gustavo Mendanha, que busca a reeleição.  

Morosidade 

Com atraso de seis anos, a Comissão de Finanças da Câmara de Goiânia emitiu parecer pela regularidade e aprovação das contas do ex-prefeito Paulo Garcia, já falecido. O decreto legislativo foi publicado no dia 23 de setembro. 

Sem folga 

O Tribunal Regional Eleitoral não tem folga no dia 12, feriado nacional. Cartórios e as secretarias do órgão têm plantão, das 14 às 19 horas. E na segunda-feira termina o prazo para os tribunais enviarem à Receita Federal notas eletrônicas sobre prestação de contas dos candidatos. 

CURTAS 

- O Estado vai receber da UFG, a título de doação, 32 tanques-rede, para incentivar a cadeia de piscicultura em Minaçu. 

- Pode virar lei acréscimo de seis meses de serviço na contagem de tempo de aposentadoria a servidor que estiver na linha de frente no cambota à Covid-19.  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar