Coluna

Caiado consegue na Justiça que Cruz asfalte Eixo Anhanguera 

Publicado por: Yago Sales | Postado em: 08 de abril de 2022

Menos de um mês depois de declarar apoio a Ronaldo Caiado (UB), o prefeito Rogério Cruz (Republicanos) deverá cumprir determinação judicial, a pedido da Metrobus, para a pavimentação asfáltica da Avenida Anhanguera, onde passa o Eixo. Em agosto do ano passado, uma decisão havia definido que a administração municipal deveria fazer o serviço. A determinação judicial vem dias depois de o governo anunciar a locação de uma frota de ônibus elétricos para substituir os antigos que têm passado vergonha na gestão Caiado. Embora os 114 novos veículos possam atenuar as críticas à gestão da Metrobus, o entrave é exatamente a incapacidade da gestão de Cruz de cuidar da via e acelerar a implantação das atividades dos novos veículos que devem custar R $1,4 bilhão. “O governador traiu o prefeito”, disse, no plenário da Alego na tarde de quinta-feira, o deputado Alysson Lima (PSB). 

Desconfiança

O deputado Alysson Lima ainda colocou em xeque a lisura do contrato bilionário de compra de ônibus elétricos pela Metrobus. “Estou encontrando pontos muito graves”, disse o parlamentar que promete judicializar a licitação. 

Tá dado o recado

Policial e pré-candidato a deputado federal pelo PT, Fabrício Rosa, denunciou na Polícia Civil o deputado estadual Amauri Ribeiro (UB) por homofobia.

Que isso, deputado?

Amauri postou nos stories do seu perfil no Instagram a imagem que associa a bandeira LGBTQIA+ a algo demoníaco e que seria “contra a família”. “Uma figura pública não pode estimular violência de grupos vulneráveis. Isso é crime”, disse Rosa.

Resposta 

Sobre o episódio, Amauri à Xadrez: “Não sabia que viado tem bandeira, que homem tem bandeira, que mulher tem bandeira. Tenho nojo desse vitimismo”, critica e emenda: “Não é a primeira vez que posto essa imagem. Não sou homofóbico. Tem está a frente disso quer ganhar uns votinhos.”

Deu ruim

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou, por 3X2, a chapa dos vereadores Santana Gomes e Bruno Diniz, ambos do PRTB. A ação trata-se do desrespeito à cota feminina. 

Tranquilidade

Santana Gomes disse à Xadrez que o departamento jurídico do partido tem acompanhado o caso e que havia ganhado na 1° instância. “O partido tem como provar a cota e vamos recorrer. Faz parte do processo jurídico, mas vou continuar com o meu mandato”.  

De saída

O secretário de Comunicação, Gean Carvalho, ainda não deixou a pasta porque o governador Ronaldo Caiado ainda não definiu outro nome. 

Missão

Embora não estivesse no comando da pasta, a influência de Gean era notória por lá. Agora, ele tem se concentrado na campanha de reeleição de seu chefe, Ronaldo Caiado. 

Curta

Leonardo Lobo Pires saiu do Ipasgo para assumir a Secretaria da Fazenda do Rio de Janeiro. O novo titular da pasta ainda não foi escolhido. 

Compartilhe: