Coluna

Após marcar terreno com Meirelles, PSD mira chapa proporcional

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 02 de novembro de 2021

Com a definição de Daniel Vilela (MDB) como candidato a vice-governador na chapa de Ronaldo Caiado (DEM), e o retorno do PP de Alexandre Baldy à base governista, o PSD de Vilmar Rocha intensifica articulação para concretizar a candidato ao Senado de Henrique Meirelles. Dentro do partido, essa questão não é mais tratada como projeto, mas sim como a principal bandeira para 2022, dentro ou fora da chapa governista. O deputado federal Francisco Júnior é um dos principais entusiastas da candidatura, e já trata Meirelles como futuro senador por Goiás, e tem procurado propalar essa possibilidade pelas suas redes sociais. Agora, o novo movimento do PSD é adquirir o passe do presidente da Alego, Lissauer Vieira (PSB). 

Outro lado 

Presente em evento em que o PL hipotecou apoio a Gustavo Mendanha, em Caldas Novas, o ex-deputado e ex-presidente do PTB em Goiás, Jovair Arantes (MDB), tende a se aliar ao prefeito de Aparecida de Goiânia nas eleições de 2022, seguindo a deputado federal Magda Mofatto.  

Depoimento 

Os vereadores que fazem parte da CEI que investiga a Enel por falhas constantes no fornecimento de energia, deixaram a sede da Aneel, em Brasília, com a informação de que a direção da agência não iria atender à convocação para depor. 

Licitação  

Está suspenso, por meio de medida cautelar do Tribunal de Contas do Estado, pregão da Secretaria de Desenvolvimento Social de contratação de serviço de gerenciamento eletrônico e controle de manutenções preventivas e corretivas e outros itens como guincho. 

Congelado 

Com o congelamento da pauta sobre o ICMS dos combustíveis, em vigor desde ontem, o tributo sobre o preço fixo por litro da gasolina é de R$ 6,55; etanol, R$ 4,777; e óleo diesel, R$4,89. 

Impacto  

Líder do Governo na Alego, Bruno Peixoto (MDB) anunciou emenda aditiva ao projeto que reduz o ICMS sobre combustíveis para 14%, em que pede medida de compensação de impacto financeiro para compensar renúncia de receita. Para mostrar que a matéria é inconstitucional. 

Sob pressão 

Prefeitos vão a Brasília, nos dias 9 e 10 de novembro, pressionar senadores e deputados em demandas de interesses dos municípios. Uma das pautas é o parcelamento de dívidas previdenciárias. 

Parecer  

O diploma de honra ao mérito concedido pela Câmara de Goiânia à apresentadora de TV Eucrídia Barbosa da Silva, envolvida em denúncias de fraudes em reconhecimento da paternidade, pode ser cassado, segundo o autor da homenagem, vereador Kleybe Morais (MDB). 

Teto salarial 

Com 14 assinaturas, o deputado Karlos Cabral (PDT) apresentou proposta de emenda à Constituição que isenta da alíquota previdenciária de 14,25% que tem salário de até R$ 6,4 mil. O governo acena com teto de R$ 3 mil a aposentados e pensionistas.  

Valendo  

Começa a valer nesta semana o prazo de dez sessões ordinárias no plenário para a tramitação da PEC do deputado Karlos Cabral (PDT), que isenta aposentados e pensionistas do desconto de 14,25% para a previdência estadual que recebem abaixo de R$ 6 mil. 

CURTAS 

– A filiação do ex-juiz Sérgio Moro ao Podemos, no dia 10 de novembro, deve interferir na formatação de aliança do partido, em Goiás. 

Compartilhe: