Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

Após polêmica, prefeito sai em defesa de Zander Fábio

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 09 de abril de 2021

A polêmica estabelecida em torno da nomeação do ex-vereador Zander
Fábio, para a Secretaria de Cultura, por conta de condenação e processos em
tramitação na Justiça, tem provocado discussões. O setor cultural cita que
essas pendências poderiam causar mal-estar, e falam que ele não teria o
conhecimento necessário para gerir a política voltada para o setor. Mas o
prefeito Rogério Cruz discorda. Ele argumenta que Zander é músico inscrito na
Ordem dos Músicos do Brasil (seção Goiás). Sobre os processos, frisa que a
pessoa, ao tomar posse em cargo público, apresente certidões, ela está apta a
assumir o cargo. E foi isso o que aconteceu.  

Confiança  

Ao falar da reação do meio artístico, Cruz considera que é livre a
manifestação, contra ou a favor. Disse ser amigo de Zander, em razão de terem
sido vereadores na mesma legislatura. 

Continua após a publicidade

Abertura  

À coluna, o ex-vereador enfatizou que são legítimos os questionamentos e
que não se sente constrangido. Aposta na Justiça de que será inocentado, quer
gestão democrática e garante que deixará legado na cultura da capital. 

Instabilidade  

Se o mercado está preocupado com a possibilidade de eleição de Lula, o
deputado federal petista Rubens Otoni diz que especuladores devem deixar a
barba de molho, porque se o ex-presidente for eleito vai cuidar de outro
mercado, o da fome, saúde, educação e inclusão social 

Contradição  

Presidente da Fieg, Sandro Mabel joga lenha na fogueira. Em
contra-ataque ao PT, afirma que se o partido entende que a compra de vacinas
contra a Covid-19, por empresários,  é para tirar vantagem pessoal, a
luta dos trabalhadores é em vão. 

Contra-ataque 

O fato de o STF ter derrubado liminar e sustentado a proibição de missas
e cultos religiosos e querer impor CPI presencial, o senador Luiz Carlos do
Carmo (MDB), que é evangélico, diz que a Corte passou dos limites. E que
defende pedidos de impeachment de ministros do Supremo. 

Cautela  

O deputado federal Elias Vaz (PSB) sugere que o governo Caiado repense a
privatização da Celg G&T, diante do novo apagão no Amapá, justamente no
sistema de transmissão. O leilão deve acontecer em maio. 

Valorização 

A queda nos índices da criminalidade em Goiás, é resultado, na avaliação
do vice-governador Lincoln Tejota, da autonomia que Ronaldo Caiado garantiu às
forças de segurança, para que atuem com inteligência em defesa da
sociedade. 

 

Indicação  

A pedido da Fecomércio, José Leopoldo da Veiga Jardim Filho foi indicado
para compor Conselho Estadual de Educação, na qualidade de representante das
entidades empresariais mantenedora de cursos profissional. Projeto tramita na
Alego. 

CURTAS 

– Presidente do Avante, o vereador Thialu Guiotti vai propor ao prefeito
Rogério Cruz a criação do programa Bolsa Universitária no âmbito do município
para mais acesso ao ensino superior gos goianienses com menor poder aquisitivo.
Ele recebeu apoio dos colegas da Câmara de Goiânia. 

– Dois processos que o Tribunal de Contas do Estado enviou à Assembleia
Legislativa versam sobre fiscalização. Um deles é referente ao primeiro
quadrimestre de 2019.