Coluna

Atendimento desigual causa insatisfação na Polícia Civil

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 19 de setembro de 2019

O clima voltou a ficar pesado na eterna rixa entre Polícia
Civil e Polícia Militar em Goiás. Tudo por conta de frustrações depois de amplo
apoio do setor de segurança pública ao então candidato Ronaldo Caiado na
eleição de 2018, em que o democrata venceu no primeiro turno. Ao longo dos
primeiros nove meses de gestão, no entanto, avaliação interna entre líderes de
categoria na PC é de que atendimentos são realizados apenas para a PM, enquanto
os investigadores seguem com estrutura problemática. As principais reclamações
são referentes à ausência de promoções e convocação de concursados, enquanto
que os militares já tiveram promoções de oficiais, em julho, e conseguiram
adicional de 30% para as promoções de praças, que ocorrem amanhã. Enquanto isso,
a PC realiza seguidas cobranças pela a nomeação dos 110 delegados aprovados no
último concurso.

Pauta aberta

Depois de reuniões internas, a convocação dos delegados se
tornou insatisfação pública de deputados que defendem a categoria, como Eduardo
Prado (PV) e Humberto Teófilo (PSL), além da opositora delegada Adriana Accorsi
(PT).

Segura aí

Pressionados, os parlamentares seguem na base e têm
conseguido segurar as lideranças da categoria, que começam, mesmo que de forma
tímida, a defender até indicativo de greve.

Comparação

O governo Caiado ainda não deu resposta às demandas e
delegados comparam os resultados apresentados em operações e investigações com
a falta de atendimento.

Bem vindo!

Além receber Henrique Arantes no MDB, o líder do governo na
Alego, Bruno Peixoto, o convidou a integrar a base de Ronaldo Caiado. “Quem
diria que Henrique sairia do PTB? E quem dirá que ele não pode vir para a
base?”

Calma lá

“Eu agradeço, mas a base não é pra mim. Tenho diferenças
ideológicas com o governador. Tentei me aproximar no começo do ano, mas não
consegui. O MDB é oposição e serei essa voz na Casa”, responde Henrique.

Estrutura

Henrique e Jovair Arantes devem realizar evento de filiação
ao MDB de Daniel Vilela em meados de outubro, levando os prefeitos de Águas
Lindas, Rialma, São Simão, Itumbiara, Vila Propício e Montividiu do Norte.

Fusão

Por decisão unânime, o Tribunal Superior Eleitoral
(TSE) autorizou a incorporação do Partido Humanista da Solidariedade
(PHS) ao Podemos.

Fortalecimento

Com dois anos de existência, o Podemos recebeu adesões e passou
de oito para 11 senadores. Passa a ser a segunda maior bancada do Senado
Federal, atrás apenas do MDB.

CURTAS

– A lista sêxtupla da
OAB para cargo de desembargador do TJGO deve ficar pronta em abril de 2020.
Disputa iniciada!

– Empresários
goianos receberam apresentação do Presidente das Câmaras de
Comércio Portuguesas no Brasil, Nuno Rebelo Sousa.

– Mostrou oportunidades
de Lisboa e o Web Summit Lisboa 2019, maior evento de tecnologia do mundo.

 

Compartilhe: