Coluna

Base de Bolsonaro supera meta para partido em Goiás

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 17 de janeiro de 2020

O objetivo inicial era de conseguir pouco mais de 3 mil
assinaturas em Goiás para o trabalho de criação do novo partido ligado ao
presidente Jair Bolsonaro, mas os apoiadores já assinaram, em grande parte por
manifestação espontânea, 6,5 mil fichas. A agenda das primeiras reuniões do
“Aliança Pelo Brasil” em Goiás teve início nesta semana, em Goiânia anteontem e
em Anápolis ontem, com carreata marcada para às 8h deste sábado (18), a partir
do estacionamento do estádio Serra Dourada. Ao todo, são necessárias 492 mil
assinaturas de eleitores em pelo menos nove estados do país para que o Tribunal
Superior Eleitoral (TSE) reconheça a criação da sigla. Os bolsonaristas, no
entanto, adotam estratégias para agilizar o processo de conferência realizado
pela Justiça Eleitoral e conseguir a oficialização no prazo para a disputa das eleições
municipais de outubro, afirma o deputado Vitor Hugo.

Corte de etapas

O Aliança Pelo Brasil deve estar criado até o dia 4 de
abril, com todos os possíveis candidatos a prefeito e vereador filiados. A
principal estratégia é que os apoiadores assinem a ficha disponibilizada e por
conta própria reconheçam firma.

Do bolso

O processo deve ser realizado em cartório de notas – ao
custo de R$ 9,00 – com envio à liderança regional do futuro partido pelos correios
em serviço que custa R$ 2,10.

Nem pense!

O líder do governo na Câmara afirma que é “remota” a
hipótese de o partido não estar criado até 4 de abril. “Se acontecer,
buscaremos orientação do presidente para não deixar os candidatos
desamparados”.

Jogo de empurra

O ainda presidente do PSDB, Jânio Darrot, rebate declaração
de Marconi Perillo sobre o prefeito ser o “ponto de equilíbrio”. “Ele é que é o
ponto de equilíbrio do PSDB e, sem dúvida, vai articular o partido como sempre
fez”.

Irredutível

O prefeito se surpreendeu com manifestações de tucanos pela sua
permanência no comando do diretório. Marconi terá reunião em Goiânia com ele na
segunda-feira (20), mas Darrot diz que a decisão é “irreversível”.

Decepção

“Jânio era contado para ser um dos nossos candidatos a
governador, mas, se não consegue contornar entraves de um partido, fica difícil
pleitear outra coisa”, criticou o “decepcionado” Jardel Sebba, pelo twitter.

Atividade

“O Ministério Público na defesa da democracia” é o tema do
artigo publicado na última edição da Revista Fórum Administrativo (FA) pelo
procurador de Justiça do Estado de Goiás Benedito Torres Neto.

Conjunto

O texto é assinado também pelo advogado Alexander Diniz de
Paula. Os dois discorrem sobre a importância da instituição na defesa do regime
democrático brasileiro.

CURTAS

– O deputado Eduardo Prado (PV) pediu inclusão de cadastro
de reserva no concurso para agentes de segurança prisional.

– O certame foi realizado em agosto e pode ter validade
questionada. O pedido foi feito ao MP e sindicato da categoria.

– A Secretaria Estadual de Meio Ambiente iniciou
agendamentos com prefeitos sobre a edição deste ano do ICMS Ecológico. 

Compartilhe: