Quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

Coluna

Bolsonaristas buscam motivos para o 3º turno

Publicado por: Wilson Silvestre | Postado em: 02 de novembro de 2022

Bolsonaro fala…

…mas não reconhece a vitória de Lula e se limitar a dizer que jogou dentro das quatro linhas da Constituição. “Nunca falei em controlar ou censurar a mídia e as redes sociais. Enquanto presidente da República e cidadão, continuarei cumprindo todos os mandamentos da nossa Constituição”. Agradeceu os  58 milhões de brasileiros que “votaram em mim no último dia 30 de outubro”. Ressaltou que os atuais movimentos populares “são fruto de indignação e sentimento de injustiça de como se deu o processo eleitoral”.

Interpretação dúbia

Continua após a publicidade

O presidente não mencionou os movimentos de bloqueios de rodovias por bolsonaristas e deixa no ar a dúvida: apoia ou não. A atitude sugere que vai deixar como está para ver como fica. O problema é que, se continuar, muitos setores da economia serão afetados, incluindo empresários ligados ao agronegócio.

Lula e Caiado juntos

Para equilibrar as forças bolsonaristas no Congresso, principalmente na Câmara Federal, Lula sinaliza ao União Brasil, sigla do governador de Goiás Ronaldo Caiado, uma aproximação. A estratégia é trazer para a base petista, os 59 deputados do União Brasil. Caiado será determinante nesse processo de aliança já que ele é a principal estrela do partido.

Pode vir outros

Na equação para contrapor os 100 deputados do PL, teoricamente ligados a Bolsonaro, Lula sinaliza ao MDB (42 deputados) e o PSDB (13 deputados) que, somados aos do PT e aliados da esquerda, 244 votos. Não é muito, mas poderia rachar a maioria bolsonarista.

Tony pede exoneração

O secretário de Comunicação da Prefeitura de Goiânia, jornalista Tony Carlo pediu exoneração e só fica no cargo até 30 de dezembro. “Recebi outra proposta e a pedido do prefeito Rogério Cruz fico até o final do ano”, disse à Xadrez. Tony já tem viagem agendada para Cuba e depois os EUA. Quando retornar da viagem, fixa residência em Brasília.

Jornalistas recontratados

Tony disse que o prefeito está recontratando os jornalistas que foram demitidos da Secom. Não serão todos, mas a maioria deve ser reconduzidos novamente.

Cláusula de barreira

A cláusula de barreira exige que os partidos obtenha pelo menos 1,5% dos votos válidos para deputado federal, com 1% dos votos válidos, ou seja, eleger pelo menos nove deputados federais. Muitas siglas devem se unir a outras para ter acesso a tempo de TV, rádio e o Fundo Partidário.